Erwin Neher

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Erwin Neher
Nascimento 20 de março de 1944 (78 anos)
Landsberg am Lech
Cidadania Alemanha Nazista, Alemanha
Alma mater
Ocupação biofísico, professor(a) universitário(a), químico
Prêmios
Empregador Universidade de Göttingen

Erwin Neher (Landsberg am Lech, 20 de março de 1944) é um biofísico alemão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Erwin Neher estudou física na Universidade Técnica de Munique, de 1963 a 1966.

Em 1966 obteve uma bolsa Fulbright para estudar nos Estados Unidos. Passou um ano na Universidade do Wisconsin-Madison, onde obteve um mestrado em biofísica.

Em 2003 Neher foi um dos 21 ganhadores do Prêmio Nobel que assinaram o Manifesto Humanista.[1]

Foi agraciado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1991.

Referências

  1. «Notable Signers». Humanism and Its Aspirations (em inglês). American Humanist Association. Consultado em 22 de dezembro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Joseph Murray e Edward Donnall Thomas
Nobel de Fisiologia ou Medicina
1991
com Bert Sakmann
Sucedido por
Edmond Fischer e Edwin Krebs


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) médico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.