Instituto Atuação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Instituto Atuação
Tipo Instituto
Temática Cultura Democrática
Fundação 15 de outubro de 2011
Sede Curitiba, Paraná
Página http://www.atuacao.org.br

O Instituto Atuação é uma organização não governamental brasileira, sem fins lucrativos e apartidária. Fundada em 2011, trabalha pela promoção de cultura democrática, através da combinação de sistematização criativa com verificação prática[1]. De acordo com o posicionamento do Instituto, não se pode continuar pensando o Estado sem olhar para a nossa sociedade, para as interações sociais e para as dinâmicas culturais que ocorrem no dia a dia[2]. Busca, assim, causar impacto estrutural de longo prazo, a partir da sociedade brasileira[3]. Em 2018, o Instituto Atuação divulgou o relatório da primeira aplicação do Índice de Democracia Local[4], na cidade de Curitiba.

Cultura Democrática[editar | editar código-fonte]

O Instituto Atuação direciona seu trabalho para o desenvolvimento de cultura democrática, tida como as “orientações que estruturam[5] as maneiras de sentir, pensar e agir[6] das pessoas em uma sociedade permeada por princípios democráticos”. Este direcionamento à cultura democrática se dá porque, atualmente, a maior parte dos colapsos democráticos tem tido sua causa no abuso de poder e no desrespeito às regras constitucionais, e não por conta de golpes de Estado[7]. Ou seja, morrem as democracias porque as próprias sociedades endossam o declínio de governos democráticos[8]. Segundo o Instituto, a democracia é o regime mais propício para o respeito à dignidade humana e à garantia de liberdades civis e, por isso, o recente enfraquecimento dos regimes democráticos no mundo preocupa, uma vez que mais de 27 democracias ruíram desde os anos 2000[9]. Nos últimos anos, a quantidade de países, cujos cidadãos tiveram vários de seus direitos políticos e civis tolhidos, ultrapassou o número de países que tiveram avanços em suas liberdades[10]. Países que, outrora, tinham uma democracia forte e consolidada têm mostrado, recentemente, indícios de enfraquecimento. Cultura democrática, assim, se mostra um remédio eficaz ao colapso da democracia, pois indivíduos culturalmente democráticos não endossam escândalos de corrupção, não aceitam a violação do Estado de Direito, não toleram injustiça social e não permitem que a democracia colapse[11]. Defender a democracia, no longo prazo, requer que a sociedade possua as ferramentas e as condições necessárias para a garantia e a sustentabilidade do próprio regime[12].

Índice de Democracia Local[editar | editar código-fonte]

Em 2018, foi publicado o relatório do Índice de Democracia Local[13], executado na cidade de Curitiba, em 2017, de forma pioneira. A ferramenta avalia a democracia local a partir de cinco categorias de análise: (1) direitos civis e liberdades; (2) funcionamento do governo local; (3) processo eleitoral e pluralismo; (4) participação política; e (5) cultura democrática. Foram aplicados 900 questionários junto à população, além da realização de entrevistas em profundidade com especialistas no tema e da avaliação de dados secundários[14]. A nota final atingida pela capital paranaense foi de 49,5%. O Índice evidenciou que Curitiba possui um desafio no que tange à participação política e à cultura democrática, categorias que se mostraram as mais deficitárias na análise[15]. As informações detalhadas por categoria, região da cidade e parcela da população entrevistada foram ilustradas em infográfico, publicado em matéria especial do jornal Gazeta do Povo, em junho de 2018.

Referências

  1. "Instituto Atuação: um plano para tornar o país uma democracia plena" em https://www.gazetadopovo.com.br/vida-publica/eleicoes/2016/instituto-atuacao-um-plano-para-tornar-o-pais-uma-democracia-plena-aywilgd2t98on2131pg8waox9/
  2. "A qualidade de uma democracia vai além do voto para presidente" em https://especiais.gazetadopovo.com.br/eleicoes/2018/5235-2/
  3. "Instituto Atuação quer transformar Curitiba em modelo democrático" em https://www.gazetadopovo.com.br/vida-publica/instituto-atuacao-quer-transformar-curitiba-em-modelo-democratico-bdnqsqiulqq4ag9q4zozh6bqs/
  4. "Índice de democracia de Curitiba é de 49,5% de efetividade" em https://cbncuritiba.com/indice-de-democracia-de-curitiba-e-de-495-de-efetividade/
  5. Coppedge. Democratization and Research Methods, 2012.
  6. Rocher. Introduction à la Sociologie Générale, 1992.
  7. Levitsky, Ziblatt. How Democracies Die, 2018.
  8. "As entrelinhas da democracia" em https://cultura.estadao.com.br/blogs/estado-da-arte/as-entrelinhas-da-democracia/
  9. Diamond. Para entender a Democracia, 2017.
  10. Diamond. Para entender a Democracia, 2017.
  11. "A capital da Lava Jato quer ser modelo de democracia" em https://veja.abril.com.br/blog/parana/a-capital-da-lava-jato-quer-ser-modelo-em-democracia/
  12. "Os perigos do jeitinho brasileiro e da falta de confiança no cumprimento das leis" em https://www.gazetadopovo.com.br/justica/os-perigos-do-jeitinho-brasileiro-e-da-falta-de-confianca-no-cumprimento-das-leis-7ptplx7ys30us49pacs3q8bqc/
  13. Índice de Democracia Local. Curitiba, 2018. Acesso em: http://www.atuacao.org.br/files/relatorio-indice-2018-web.pdf
  14. "Podcast – Legis-Ativo: Edição especial sobre o Índice de Democracia Local" em https://politica.estadao.com.br/blogs/legis-ativo/podcast-legis-ativo-edicao-especial-sobre-o-indice-de-democracia-local/
  15. "Índice de Democracia aponta que 77% dos curitibanos nunca participaram de uma manifestação" em https://bandnewsfmcuritiba.com/indice-de-democracia-aponta-que-77-dos-curitibanos-nunca-participaram-de-uma-manifestacao/

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Site oficial (em português)

Conta oficial no Facebook

Conta oficial no Twitter