Instituto Português da Qualidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Instituto Português da Qualidade

Coat of arms of Portugal.svg
Organização
Natureza jurídica Instituto público
Atribuições Normalização, metrologia e qualificação
Dependência Governo de Portugal
Ministério da Economia
Chefia António Mira dos Santos, presidente
Localização
Jurisdição territorial Portugal
Sede Monte de Caparica
Histórico
Criação 31 de dezembro de 1977 [1]
Sítio na internet
www.ipq.pt
Notas de rodapé
[1] como Direcção-Geral da Qualidade

O Instituto Português da Qualidade, I. P. (IPQ, I. P.) é a entidade portuguesa responsável pela coordenação, gestão geral e desenvolvimento do sistema português da qualidade (SPQ), bem como de outros sistemas de qualificação no domínio regulamentar, que lhe sejam conferidos por lei.

No âmbito do SPQ, o IPQ, I. P. é responsável em Portugal pela actividades de acreditação de entidades, de normalização e de metrologia, e pela gestão de programas de apoio financeiro, intervindo ainda na cooperação com outros países no domínio da qualidade.

É membro da Organização Internacional de Normalização (ISO).

Normas Portuguesas[editar | editar código-fonte]

Regra geral, as Normas Portuguesas são elaboradas por Comissões Técnicas de Normalização.

São consideradas Normas Portuguesas as:

  • NP,
  • NP EN,
  • NP EN ISO,
  • NP HD,
  • NP ENV,
  • NP ISO,
  • NP IEC,
  • NP ISO/IEC.

As normas EN, EN ISO, EN ISO/IEC e ETS podem ser adotadas como Normas Portuguesas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]