JDAM

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Joint Direct Attack Munition
GBU-31 xxl.jpg
JDAM
Local de origem  Estados Unidos
História operacional
Utilizadores  Alemanha
Arábia Saudita
 Egito
Flag of Spain.svg Espanha
 Estados Unidos
 Austrália
 Canadá
Coreia do Sul Coreia do Sul
 Japão
Portugal Portugal
Histórico de produção
Período de
produção
1997–presente[1]
Especificações
Comprimento 3,02–3,89 m
Diâmetro 500 a 640 mm
Alcance efetivo 28 km
Precisão 13 m (43 pés)
Caças F-15E disparando bombas GBU-31s de 900 kg.
Países que possuem JDAMs no seu arsenal.

Joint Direct Attack Munition (JDAM) é um kit de orientação que converte bombas não-guiadas, ou "bombas burras" em munições "inteligentes". As bombas equipadas com as JDAMs são guiadas por um sistema de orientação inercial integrado, acoplado a um Sistema de Posicionamento Global (GPS), dando-lhes um alcance real de até 15 milhas náuticas (28 km). O sistema de orientação foi desenvolvido pela Força Aérea e a Marinha dos Estados Unidos, daí o "joint" (em português: conjunto) em seu nome. O kit JDAM foi concebido para aperfeiçoar as bombas guiadas por laser e a tecnologia de detectores por infravermelho, que podem ser prejudicados pela má condição climática e de solo. Os rastreadores de laser já estão sendo montados em algumas JDAMs.[2][1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.