Jacques de Jésus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.
Jacques de Jésus
Presbítero da Igreja Católica
Atividade Eclesiástica
Ordem Carmelitas Descalços
Diocese Rouen
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 11 de julho de 1925
Rouen,  França
por André du Bois La Villerabel
Dados pessoais
Nascimento Barentin, Seine-Maritime,  França
29 de janeiro de 1900
Morte Campo de Concentração de Mauthausen-Gusen, Linz,  Áustria
2 de junho de 1945 (45 anos)
Nacionalidade francesa
Categoria:Igreja Católica
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Jacques de Jésus O.C.D. (nascido Lucien Bunel) (Barentin, 29 de janeiro de 1900 - Linz, 2 de junho de 1945) foi um padre católico francês e frade carmelita descalço. Quando foi diretor de um internato administrado por sua ordem, ele escondeu vários judeus para protegê-los do governo nazista de ocupação, o que o levou a ser preso e encarcerado em vários campos de concentração nazistas.[1]

Após sua morte no Campo de Concentração de Mauthausen-Gusen,[2] Jacques foi nomeado um dos "Justos entre as Nações" pelo Estado de Israel, por ter arriscado sua vida durante o Holocausto para salvar judeus.[1] O cineasta francês Louis Malle, que foi aluno do internato dirigido pelo frade, homenageou-o no filme Au revoir les enfants, de 1987. Em 1990 foi iniciado um processo pela sua beatificação.[1]

Referências

  1. a b c «Un carme, un éducateur, un Juste...». Jacques de Jésus. Consultado em 7 de Novembro de 2015 
  2. «L'arrestation du Père Jacques». Jacque de Jésus. Consultado em 7 de Novembro de 2015