Jean-Claude Wicky

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Jean-Claude Wicky (Moutier, 28 de Janeiro de 1946 – Biel, 31 de Julho de 2016)[1] foi um fotógrafo suíço conhecido por sua série de trabalhos sobre os mineradores Bolivianos, entre 1984 e 2001.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Suas fotos foram exibidas na Fundação Suíça para Fotografia, Musée de l'Élysée em Lausanne, e no Minneapolis Institute of Arts, bem como em revistas, incluindo GEO e Smithsonian Magazine .[1]

Faleceu em 31 de Julho de 2016, aos 70 anos.[2]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

  • Every Day is Night, 2010, [1]

Referências

  1. a b «Jean-Claude Wicky». SwissFilms.ch. Consultado em 5 de agosto de 2016.. Cópia arquivada em 5 de agosto de 2016 
  2. «Jean-Claude Wicky s'est éteint / Jean-Claude Wicky died». Le Quotidien. 2 de agosto de 2016. Consultado em 5 de agosto de 2016.. Cópia arquivada em 5 de agosto de 2016. Le photographe prévôtois Jean-Claude Wicky est décédé dimanche soir / The photographer Jean-Claude Wicky died Sunday night 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre fotografia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.