Jerônimo Roberto de Mesquita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Jerônimo Roberto de Mesquita, segundo Barão de Mesquita, (18571 de abril de 1927) foi um proprietário rural e nobre brasileiro.

Filho natural do 1.° Barão, 1.º Visconde e 1.º Conde de Mesquita e de Maria José Willoughby da Silveira. Casou-se com Elisa Salgado Zenha, filha do Barão de Salgado Zenha, de quem teve seis filhas, Elisa, Hercília ,casada com Aníbal de Carvalho, Marieta, Stella ,casada com João de Noronha Gouvêa, Regina e Celeste ,casada com José Rodrigues, além do filho Raul Zenha de Mesquita, que foi Diretor da RFF no Sul do país. Era irmão do Barão de Bonfim e da Baronesa de Itacurussá. [1] Também foi muito influente na corte e era neto do Marquês de Bonfim.

Foi presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro, tendo levado a rede ferroviária até a Nova Iguaçu '''Iguaçu Velho'' Hoje a baixada fluminense. Deu nome ao município de Mesquita antigo Distrito de Nova Iguaçu.

Também era proprietário da fazenda que deu origem a Nilópolis também ex distrito de Nova Iguaçu, próximo à Fazenda da Cachoeira, hoje Mesquita.

Abolicionista, libertou duzentos escravos três anos antes da abolição da escravatura no Brasil.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências