João Ferreira dos Santos Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou seção foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde abril de 2008). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

João Ferreira dos Santos Silva (Porto, 5 de novembro de 1799 - ?, 5 de dezembro de 1858) foi um nobre português.

Era filho único de outro João Ferreira dos Santos Silva (natural da freguesia de Lordelo do Ouro) e de D. Maria Tomásia Narcisa Ferreira que, a 23 de janeiro de 1830, moravam nas freguesia da Sé da cidade do Porto.

Recebeu o título de Barão de Santos da rainha D. Maria II (sendo que tal título já existia com os antepassados do atual Barão de Araújo dos santos, João Paulo de Araújo dos Santos) [1], em 1850.

Também pertenceu ao Conselho de Sua Majestade Fidelíssima e foi Cônsul na Bélgica, além de vice-presidente da Associação Comercial do Porto.[2]

Em 1885, recebeu a Comenda da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa.

Casou-se em 1826 com D. Carolina Augusta de La Roque (Silva, pelo casamento) natural da freguesia de São Nicolau, e deste casamento resultaram os filhos seguintes:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «João Ferreira dos Santos Silva». Arquivo Nacional / Torre do Tombo. Consultado em 6 de abril de 2013 
  2. Mesquita, Manuel de Castro Pereira de (1836). Os acontecimentos dos dias 25 e 26 d'abril na cidade do Porto, e os Governadores Civil e Militar da mesma Cidade apresentados ao publico na correspondencia official dos mesmos governadores: para serem julgados pela opinião de todos os homens sensatos e imparciaes. Na Imprensa de Coutinho. [S.l.]: Universidade de Harvard. p. 20. 49 páginas. Consultado em 1 de fevereiro de 2015 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.