John Henry Holland

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

John Henry Holland (Fort Wayne, 2 de fevereiro de 1929 - Ann Arbor, 9 de agosto de 2015[1] ) foi um cientista e professor estadunidense.

Lecionou nos cursos de psicologia, engenharia elétrica e ciência da computação da Universidade de Michigan, em Ann Arbor. Foi pioneiro em sistemas complexos e ciência não-linear. É conhecido por ter criado os algoritmos genéticos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estudou física no Instituto Tecnológico de Massachusetts e concluiu o bacharelado em 1950. Estudou matemática na Universidade de Michigan e terminou o mestrado em 1954.[2]

Em 1959 tornou-se o primeiro a receber um Ph.D. em ciência da computação na Universidade de Michigan.

Publicações[editar | editar código-fonte]

Holland é autor de inúmeras obras sobre sistemas adaptativos complexos, entre elas:

  • 1975, Adaptation in Natural and Artificial Systems
  • 1995, Hidden Order: How Adaptation Builds Complexity
  • 1998, Emergence: From Chaos to Order

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cientista da computação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.