José Francisco Varela Crujo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

José Francisco Varela Crujo (Beja, 23 de outubro de 1956Beja, 25 de dezembro de 1987[1]) foi um cavaleiro tauromáquico português.

Filho do ganadeiro José Crujo[2], recebeu a alternativa de cavaleiro tauromáquico em 1977, das mãos de David Ribeiro Telles, frente a toiros da ganadaria Ortigão Costa[3]. A 11 de agosto de 1983, ao atuar na Praça de Touros do Campo Pequeno, uma investida do toiro de Pontes Dias que lidava, projetou-o do cavalo, fazendo-o cair desamparado e bater com a cabeça no solo[4]. Em consequência, ficou em estado de coma até à morte[5], que viria a ocorrer quatro anos e quatro meses depois[6].

Referências

  1. «Momentos de tragédia». Campo Pequeno Tauromaquia. Consultado em 27 de julho de 2015 
  2. «Fez 25 anos sobre a morte de José Francisco Varela Crujo». Tauródromo. Consultado em 27 de julho de 2015 
  3. «Fez 25 anos sobre a morte de José Francisco Varela Crujo». Tauródromo. Consultado em 27 de julho de 2015 
  4. «Assistência Médica de Acidentes Tauromáquicos em Praças Portuguesas». Universidade da Beira Interior. Consultado em 10 de agosto de 2015 
  5. «Assistência Médica de Acidentes Tauromáquicos em Praças Portuguesas». Universidade da Beira Interior. Consultado em 10 de agosto de 2015 
  6. «Fez 25 anos sobre a morte de José Francisco Varela Crujo». Tauródromo. Consultado em 27 de julho de 2015 
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.