JumpCut

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde outubro de 2009). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Outubro de 2009).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

JumpCut é uma produtora de teatro e cinema fundada em 2002.

Cinema:

  • Autografia – um retrato de Mário Cesariny (Prémio Melhor Documentário Português Doclisboa 2004[1] e Grande Prémio da Lusofonia – FamaFest2005);
  • Floripes;
  • Curso de Silêncio – co-realização de Miguel Gonçalves Mendes e Vera Mantero (produção O Rumo do Fumo/JumpCut);
  • Projecto Diagnóstico – 4 Curtas de 4 Realizadores;
  • Zarco (2008)

Em 2004 edita em parceria com a Assírio & Alvim o livro “ Verso de Autografia”, complemento do documentário Autografia.

Teatro:

  • Pausa – Ensaio Assistido, uma encenação de Rosa Coutinho Cabral;
  • Alices,uma encenação de Rafaela Santos com o apoio do Instituto das Artes e da Fundação Calouste Gulbenkian;
  • Sentido Portátil, uma encenação de Carla Bolito com o apoio da DGArtes e Fundação Calouste Gulbenkian, uma co-produção JumpCut/CCB.

Actualmente encontra-se em produção o novo documentário de Miguel Gonçalves MendesUnião Ibérica, em co-produção com a produtora El Deseo S.A. de Pedro Almodóvar.

Referências

  1. «Palmarés 2004». doclisboa.org. Consultado em 24 de julho de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]