Justin Ahomadégbé-Tomêtin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Justin Ahomadégbé-Tomêtin
Primeiro-ministro do Daomé
Período 25 de janeiro de 1964
a 29 de novembro de 1965
Antecessor(a) Christophe Soglo
Sucessor(a) Christophe Soglo
2.º Presidente do Daomé
Período 7 de maio de 1972
a 26 de outubro de 1972
Antecessor(a) Hubert Maga
Sucessor(a) Mathieu Kérékou
Dados pessoais
Nascimento 16 de janeiro de 1916
Abomei, Daomé Francês
Morte 8 de março de 2002 (85 anos)
Cotonu, Benim

Justin Ahomadégbé-Tomêtin (1917-2002) foi um político do Benim. Foi primeiro ministro de seu país entre 1964 e 1965, e presidente da república entre 7 de maio e 26 de outubro de 1972 quando foi derrubado por um golpe de estado liderado por Mathieu Kérékou.[1]

Ahomadégbé tornou-se presidente por um sistema que promoveu a rotação do cargo entre três principais figuras políticas: Hubert Maga, Ahomadégbé e Sourou-Migan Apithy. Maga pacificamente passou o poder a Ahomadégbé em 1972, porém no final daquele ano Ahomadégbé foi derrubado por um golpe militar. Os três permaneceram em prisão domiciliar até 1981.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Francis Kpatindé, "Justin Tomêtin Ahomadégbé Éphémère chef de l'État.", Jeuneafrique.com, 25 de março de 2002.
  2. Samuel Decalo, "Benin: First of the New Democracies", in Political Reform in Francophone Africa (1997), ed. Clark and Gardinier, páginas 46-47.

Precedido por
Coutoucou Hubert Maga
Presidente do Benim
1972 - 1972
Sucedido por
Mathieu Kérékou