Karol Meyer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Karol Meyer
Nome completo Karoline Mariechen Meyer
Nascimento 19 de outubro de 1968 (49 anos)
Recife,  Pernambuco[1]
Nacionalidade brasileira
Ocupação Mergulhadora

Karoline Mariechen Meyer (Recife, 19 de outubro de 1968) é uma mergulhadora brasileira praticante de mergulho em apneia.[1] É a recordista em número de recordes mundiais para o Brasil, em toda a história do esporte.

Especialista em provas de apneia (mergulho somente com o ar dos pulmões), Karol já mergulhava como lazer, porém somente a partir de 1996 aderiu ao mergulho competitivo.

Entre os recordes brasileiros, sul-americanos, continentais e mundiais de apnéia,[2] em 2009 se tornou a mulher com o maior tempo de apneia no mundo, com 18 minutos e 32 segundos sem respirar, além de descer a 121 metros de profundidade, feito incluído também no Guinness World Records.[3]

Em 2016 foi selecionada para compor a equipe feminina de ciclismo do Avai,obtendo no seu primeiro ano uma posição excelente no ranking nacional, 6o lugar Feminino elite pela Confederação Brasileira de Ciclismo.

Além de atleta, Karol é instrutora de mergulho e palestrante.

Recordes mundiais[editar | editar código-fonte]

Em títulos mundiais, é a atleta com o maior número de recordes mundiais na história do país, em todas as modalidades esportivas, totalizando oito:

  • 3 recordes mundiais na prova de apneia estática, com o tempo de 5'49, 6'02 , 6'13" , 7'18" (continental)
  • 2 recordes mundiais na prova de profundidade No Limits Tandem, com 91m e 121m.
  • 2 recordes mundiais na Skandalopetra (profundidade, prova grega que remonta o início do século).
  • 1 recorde mundial para o Guinness Book de apneia estática com inalação prévia de oxigênio, no tempo de 18 minutos 32.59 segundos.[4]

Outros prêmios[editar | editar código-fonte]

Karol Meyer em mergulho livre com tarpões.
  • 2 recordes continentais
  • 30 recordes sul-americanos
  • Guinness Book Record Holder - livro oficial 2011
  • Bicampeã do prêmio OUTSIDER "melhor atleta de aventura" - revista GoOutside, 2006 - 2010
  • Troféu Julio De Lamare - concedido pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos - CBDA, 2008
  • Prêmio Internacional Icare - "Best Female Freediver 2007", Icare Trophy
  • Prêmio Internacional Icare - "Special" pela completa carreira no esporte
  • Prêmio Internacional Icare - "Best Coach 2006" de mergulho livre
  • Bicampeã do Prêmio Personalidade do Ano - revista Mergulho 2000 - 2001
  • Destaque da página de esportes radicais do 1º Atlas do Esporte no Brasil - Ministério dos Esportes - Lamartine da Costa
  • Primeira mergulhadora a tocar o naufrágio Corveta Ipiranga em Fernando de Noronha
  • Primeira mergulhadora a descer no abismo de "Paredes" em Fernando de Noronha
  • Recordista mundial na modalidade histórica "Skandalopetra"
  • Atleta TOP 1O AIDA Internacional (13 anos)
  • Troféu RankBrasil: "Maior número de títulos mundiais na história desportiva do Brasil"

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Filha de Carlos e Marli Meyer, a atleta nasceu em Recife e foi criada em Florianópolis, Santa Catarina, onde trabalha com atendimento ao público para a Caixa Econômica Federal.[1]

Referências

  1. a b c Cristina Degani (28 de agosto de 2002). «Entrevista com Karol Meyer». 360 Graus Multimídia. Consultado em 23 de maio de 2013 
  2. AIDA Brasil - Recordes
  3. ESPN Brasil, 13/7/2009
  4. Adm. do portal (2012). «Longest time breath held voluntarily (female)». Guinness World Records. Consultado em 23 de maio de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]