Kazuko Takatsukasa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Kazuko Takatsukasa
Princesa Taka
O casal Takatsukasa em 1950.
marido Takatsukasa Toshimichi (1950–1966)
Descendência Naotake Matsudaira (adotado)
Casa Casa Imperial do Japão
Nome completo
孝宮和子内親王
Nascimento 30 de setembro de 1929
  Palácio Imperial de Tóquio, Tóquio, Japão
Morte 26 de maio de 1989 (59 anos)
  Toshimagaoka imperial Cemetery, Bunkyō, Tóquio
Enterro Toshimagaoka imperial Cemetery, Bunkyō, Tóquio
Pai Imperador Shōwa
Mãe Imperatriz Kōjun
Religião Xintoísmo

Kazuko Takatsukasa (鷹司 和子, Takatsukasa Kazuko?, 30 de setembro de 192926 de maio de 1989) foi a terceira filha do Imperador Shōwa e da Imperatriz Kōjun do Japão. Como tal, ela foi uma irmã mais velha do Imperador Akihito.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida no Palácio Imperial de Tóquio, Kazuko era chamada na infância de Princesa Taka (孝宮和子内親王, Taka-no-miya, Kazuko Naishinnō?). Conforme a tradição da época, ela não foi criada por seus pais biológicos, mas por uma série de cortesãs em um palácio construído para ela e suas irmãs, no distrito de Marunouchi, na capital japonesa.

Em março de 1948, a princesa graduou-se pela Escola Peers[1] de Gakushuin, passando em seguida um ano aprendendo, sob a responsabilidade do antigo camareiro-mor Saburo Hyakutake, habilidades para se tornar uma noiva. Em 21 de maio de 1950, Kazuko casou-se com Toshimichi Takatsukasa,[2][3] filho mais velho do político Takatsukasa Nobusuke, que fora um duque dentro da extinta nobreza japonesa. O casamento recebeu então grande publicidade, pois foi o primeiro de um membro da família imperial com um plebeu. Com o matrimônio, em virtude da Lei da Casa Imperial de 1947, Kazuko perdeu seu título de princesa.

Em 28 de janeiro de 1966, Toshimichi Takatsukasa foi encontrado morto por intoxicação por monóxido de carbono, no apartamento de sua amante, Michiko Maeda, anfitriã de uma boate noturna de Ginza. Na época, a imprensa japonesa espalhou rumores especulativos de suicídio duplo.

As desgraça não acabaram para Kazuko, pois na noite de 22 de agosto de 1966 um homem invadiu sua casa e a alvejou com uma faca, causando-lhe ferimentos em ambas as mãos. Kazuko ficou hospitalizada por uma semana. O Imperador ficou chocado com a situação e ordenou que sua filha se mudasse para o Palácio Tōgū, em Akasaka, Tóquio, onde ela morou até sua morte por insuficiência cardíaca, aos cinquenta e nove anos.

De 1974 a 1988, Kazuko Takatsukasa serviu como sacerdotiza chefe (saishu) no Santuário de Ise. Ela e seu marido não tiveram filhos, mas adotaram Naotake Matsudaira (nascido em 1945) do extinto clã Ogyu Matsudaira como seu herdeiro. Outrora presidente da NEC Telecommunications Systems, Matsudaira seguiu os passos da mãe, sendo hoje sacerdote chefe no Santuário de Ise.

Títulos e estilos[editar | editar código-fonte]

  • 30 de setembro de 1929 - 21 de maio de 1950 : Sua Alteza Imperial a princesa Taka
  • 21 de maio de 1950 - 26 de maio de 1989 : Sra. Toshimichi Takatsukasa

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Takie Sugiyama Lebra, Above the Clouds: Status Culture of the Modern Japanese Nobility (Berkeley: University of California Press, 1992).
  • Bix, Herbert B (2001). Hirohito and the Making of Modern Japan. Harper Perennial. ISBN 0-06-093130-2.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • «The Peers' School, Tokyo, c. 1910. | Old Tokyo». www.oldtokyo.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2017 
  • Cortazzi, Sir Hugh (27 de julho de 2016). Modern Japan: A Concise Survey (em inglês). [S.l.]: Springer. ISBN 9781349229710 
  • Fr?d?ric, Louis; Louis-Frédéric (2002). Japan Encyclopedia (em inglês). [S.l.]: Harvard University Press. ISBN 9780674017535