Kim Manners

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde novembro de 2014). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Kim Manners (13 de janeiro de 195125 de janeiro de 2009) foi um diretor e produtor estadunidense. Kim Manners é mais conhecido por seu trabalho em séries como Arquivo X, indicada quatro vezes ao Emmy, e Supernatural/Sobrenatural.

Participou de Sobrenatural desde seu princípio, em 2005, até o início da 4ª temporada, quando interrompeu a atividade por causa do tratamento contra câncer. Sua morte foi consequência da doença. Foram feitas dedicatórias a ele nas séries Supernatural e Breaking Bad.

Kim recebeu homenagem no episódio 15 da quarta temporada de Supernatural,onde o episódio falava dos ceifadores,e no final fotos de Kim com o elenco, juntamente com uma dedicatória dizendo o seguinte:

"We dedicate the entire season to Kim Manners. We miss you, Kim!"

Tradução simples:

"Nós dedicamos toda essa temporada a Kim Manners. Sentimos sua falta, Kim!"

Kim também recebeu homenagem no final do episódio 5 da 2ª temporada de Breaking Bad, a homenagem dizia o seguinte:

"Dedicated to our friend Kim Manners".

Tradução simples:

"Dedicado ao nosso amigo Kim Manners"

"A família Supernatural perde um amigo, mas tenho certeza de que ele gostaria que o show continuasse e nós aqui de Supernatural is life continuaremos apostando com muito carinho na série que ele aprendeu a amar" - diz : Família supernatural Is Life[1]

O episódio "Mulder and Scully Meet the Were-Monster", da temporada 2016 de Arquivo X, originalmente exibido no dia 1 de Fevereiro de 2016 (USA) homenageou Manners em uma cena em que o agente Fox Mulder (David Duchovny) se senta encostando-se no túmulo de Manners. No túmulo está escrita as datas reais do nascimento e morte de Manners, com a frase "Let's Kick it in the Ass", frase muito usada por ele.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.