Lúcio Tarúcio Firmano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Lúcio Tarúcio Firmano (em latim: Lucius Tarutius/Taruntius Firmanus;[a] fl. 86 a.C.) foi um filósofo, matemático e astrólogo romano nascido em Fermo no século I a.C.; Cícero, em um relato, destaca o interesse de Lúcio pela astrologia caldeia.[1] Em 1935, uma das crateras lunares recebeu o nome de Tarútio.[2]

Tarúcio era amigo de Cícero e do estudioso Marco Terêncio Varrão. A pedido deste último, ele tinha estudado o horóscopo de Rômulo, uma empreitada considerada cômica e lunática por Cícero e Plutarco[3] e uma versão do que é dado por Solino.[4] Depois de examinar as circunstâncias da vida e da morte do fundador de Roma, ele calculou que Rômulo nasceu em 23 de setembro, no segundo ano do segundo Olimpíada, ou seja, 771 a.C. A coincidência desta data com um eclipse solar, relatada por Plutarco,[5] é retomada e discutida por Joseph Justus Scaliger sem revelar a fonte.[6]

Com base nos acontecimentos da vida e da morte de Rômulo, calculou que a fundação de Roma deveria ter ocorrido em 9 de abril, entre a segunda e a terceira hora do dia,[3] dias antes do tradicional 21 de abril, data do festival da Parília, que os clássicos consideram como o dia da fundação.[7] Este evento foi acompanhado, segundo Plutarco,[5] por um eclipse solar, uma coincidência também discutida por Joseph Scaliger.[6]

Notas[editar | editar código-fonte]

[a] ^ Autores clássicos acreditam que Firmino sejam uma referência a sua cidade de origem, Firmum (atual Fermo), enquanto que Tarúcio seja de origem etrusca.[8][9][10]

Referências

  1. Cícero & 44 a.C., p. II.47.98.
  2. «Taruntius» (em inglês). Consultado em 13 de janeiro de 2013 
  3. a b Cícero & 44 a.C., p. II.47.98.
  4. Solino & século III, p. I.18.
  5. a b Plutarco & século I, p. XII.
  6. a b Grafton 1983, p. 111.
  7. Smith 1870, p. 151.
  8. Plutarco & século I, p. V.
  9. Macróbio & século IV, p. I.10.
  10. Agostinho de Hipona & século V, p. VI.7.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Cícero. De Divinatione. [S.l.: s.n.], 44 a.C..
  • Grafton, Anthony. Joseph Scaliger: A Study in the History of Classical Scholarship. [S.l.]: Oxford University Press, 1983.
  • Macróbio. Saturnalia. [S.l.: s.n.], século IV.
  • Plutarco. Vida de Rômulo. [S.l.: s.n.], século I.
  • Smith, William. Dictionary of Greek and Roman Antiquities edited William Smith. [S.l.: s.n.], 1870.
  • Solino. De mirabilibus mundi. [S.l.: s.n.], século III.