La Flèche

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portão de entrada do Prytanee National Militaire, em La Flèche.

La Flèche é uma comuna francesa, situada às margens do rio Loire (na região do Pays de la Loire), no departamento de Sarthe no Cantão e distrito do mesmo nome (La Flèche). Contava, em 1999, com a população de 15.241 habitantes, sendo a segunda maior cidade do seu departamento.

Brasão de armas de La Flèche.

O Colégio de La Flèche[editar | editar código-fonte]

La Flèche era o colégio jesuíta mais prestigiado de França (uma das principais funções do Jesuítas era a educação, em França construíram diversos colégios para esse fim). Em 1604, Henrique IV deu o castelo de La Flèche aos Jesuítas para aí fundarem um colégio com o nome de Collège Royal Henry-Le-Grand, com o objectivo de "seleccionar e treinar as melhores mentes". Era ensinada Gramática, Retórica, Latim, Grego, Hebreu, Filosofia, Matemática e Teologia. Os alunos eram preparados para três ramos distintos: Igreja, Estado ou Forças Armadas.

René Descartes foi um dos primeiros e mais importantes alunos da instituição, entre 1607 a 1615. Aí, devido a uma saúde física muito débil foi autorizado a passar parte da manhã na cama, aproveitando isso para exercer uma poderosa meditação que mais tarde lhe permitirá ser um filósofo de nomeada. Referiu-se ao Colégio no seu Discurso do Método:

"Estive numa das mais famosas escolas da Europa." [...] “ Aqui foi onde plantei as sementes dos meus feitos mais tardios e ao qual estou extremamente agradecido”.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da França é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre História da França é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Portal A Wikipédia possui o portal: