Ladysmith Black Mambazo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ladysmith Black Mambazo
Ladysmith Black Mambazo 2008.JPG
Ladysmith Black Mambazo em Innsbruck, Áustria (2008)
Informação geral
Origem Ladysmith, KwaZulu-Natal
África do Sul
Gênero(s) Isicathamiya
Mbube
Período em atividade 1960 - 1964
1964 - hoje
Gravadora(s) Gallo Record Company (1973–hoje)
Warner Bros. Records (1986–1995)
Shanachie Records (1986–2000)
Wrasse Records (1998–2004)
Heads Up International (2004–hoje)
Warner Jazz (2007–hoje)
Afiliação(ões) Paul Simon
Integrantes Joseph Shabalala
Thamsanqa Shabalala
Sibongiseni Shabalala
Thulani Shabalala
Msizi Shabalala
Albert Mazibuko
Abednego Mazibuko
Russel Mthembu
Ngane Dlamini
Ex-integrantes Jockey Shabalala
Jabulani Dubazana
Inos Phungula
Ben Shabalala
Geophrey Mdletshe
Headman Shabalala
Milton Mazibuko
Funokwakhe Mazibuko
Joseph Mazibuko
Walter Malinga
Matovoti Msimanga
Página oficial www.mambazo.com

Ladysmith Black Mambazo é um grupo vocal masculino sul-africano formado no início da década de 1960, cantando em ritmos tradicionais locais[1]. Eles ganharam destaque em todo o mundo ao participarem do álbum do músico estadunidense Paul Simon, Graceland, lançado em 1986, ganhando diversos prêmios, incluindo três Grammy Awards. A banda foi formada por Joseph Shabalala em 1960 e se tornou um dos artistas mais prolíficos da África do Sul, com seus lançamentos, recebendo discos de ouro e platina. O grupo tornou-se uma academia móvel, ensinando as pessoas ao redor do mundo sobre a África do Sul e sua cultura.

Referências

  1. «Ladysmith Black Mambazo». Discogs.com. Consultado em 13 de janeiro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of South Africa.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical da África do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.