Lamberto II de Lovaina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lambert II de Lovaina
Conde da Lovaina e de Bruxelas
Representação de Lambert II de Lovaina.
Reinado Conde da Lovaina e de Bruxelas
Dinastia Conde da Lovaina e de Bruxelas
Morte 19 de junho de 1054
  Nivelles
Enterro Mosteiro de Santa Gertrudes, Nivelles
Pai Lambert I de Lovaina
Mãe Gerberga de Lorena
Escudo do Brasão de Armas do Conde da Lovaina.

Lambert II de Lovaina "o Apertado" (? - 19 de junho de 1054) foi Conde da Lovaina e de Bruxelas a partir de 1040 e até 1054.

Biografia[editar | editar código-fonte]

De acordo com o sanctae Gudilae (entre 1048-1051) Lambert II sucedeu ao seu irmão, Henrique I da Lovaina, herdando assim a herança de seu pai reunindo às suas posses o Condado da Lovaina, que ainda aumentou à custa das autoridades imperiais e religiosas, tais como a Abadia de Nivelles e a Abadia de Gembloux ou o bispado de Liége.

Lambert II aparece na documentação ligado ao Combate Wazon, no bispo de Liège, em 1046, tendo depois desta contenda, em 1051, travado uma escaramuço com as forças militares do próprio imperador.

Em 1047 Procede á fundação do Capítulo de Sainte-Gudule ao fundar a Igreja de Saint-Michel, na cidade de Bruxelas.

Juntou-se a rebelião de Balduíno V da Flandres[1] contra o imperador alemão Henrique III, Sacro Imperador Romano-Germânico, mas o 1054 é morto em batalha contra o exército imperial perto de Tournai.

Foi enterrado na Abadia de Nivelles, sendo comemorado o seu obituário a 19 de junho d cada ano [2].

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Lamberto I de Lovaina, Conde de Lovaina e Bruxelas e de Gerberga de Lorena (970 - 1015), filha de Carlos da Baixa Lotaríngia (953 - 12 de junho de 991) e de Inês de Vermandois, também conhecida como Adelaide de Vermandois, sendo pelo lado do pai neta do rei de França, Luís IV de França.

Casou com Uda da Lorena, filha de Gotelão I de Verdun (967 - 1044)[3][4][5] e de Barbe de Lebarten, filha de Otão III de Lebarten e de Lukharde de Linselstein, de quem teve:

  1. Henrique II de Lovaina (1020Mosteiro de Santa Gertrudes, Nivelles 1078)[6]. foi Conde de Lovaina e de Bruxelas de 1054 à 1078. Casou com Adela de Batávia, filha de Eberardo de Batávia[7], conde de Batávia.
  2. Reginar de Lovaina
  3. Adela de Lovaina (? - 1060) casada por duas vezes, uma com Dedi de Wettin (c. 1069 - 1075), marquês Baixa Lusácia e a outra com Otão de Orlamünde (? - 1067).

Referências

  1. Condes da Flrandes
  2. Crónica de Sigeberto de Gembloux, ad ano 1056, anúncio da abadia de Nivelles
  3. Ernst Steindorff, Gozelo, Herzog von Lothringen. Allgemeine Deutsche Biographie (ADB). 9, Duncker & Humblot, Leipzig 1879, S. 531 f.
  4. Fritz Weigle, Gozelo I., Neue Deutsche Biographie (NDB). 6, Duncker & Humblot, Berlin 1964, S. 693.
  5. Michel Parisse, Gozelo, Hzg. v. Lothringen. Lexikon des Mittelalters (LexMA). 4, Artemis & Winkler, München/Zürich 1989, ISBN 3-7608-8904-2, Sp. 1616.
  6. Heather J. Tanner, Families, friends, and allies: Boulogne and politics in northern France and England, c. 879-1160, BRILL, 2004, p 300
  7. Jaarboek voor Middeleeuwse geschiedenis, Uitgeverij Verloren, 1998 Google Books