Largo de São Carlos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Largo de São Carlos
Freguesia(s): Santa Maria Maior
Lugar, Bairro: Chiado
Ruas Afluentes: Rua Serpa Pinto, Rua Capelo, Rua Paiva de Andrada e Largo do Picadeiro (os dois últimos por escadarias)
Abertura: Século XVIII
Nomeação: 28 de maio de 1956
Homenageado(s): São Carlos (através do Teatro de São Carlos)
Designação anterior: Largo do Directório
Fernando Pessoa Largo Sao Carlos.JPG
'
Toponímia de Lisboa

O Largo de São Carlos é um largo lisboeta situado na freguesia de Santa Maria Maior e formado pela confluência da Rua Serpa Pinto com a Rua Paiva de Andrada. Foi neste largo que se construíu entre 8 de dezembro de 1792 e 30 de junho de 1793 o Teatro de São Carlos. Mais tarde, com a implantanção da República, por edital da câmara de 18 de novembro de 1913, passou a denominar-se Largo do Directório, por nele se situar a sede do Partido Republicano Português e do seu Directório. Mais tarde, já no Estado Novo, a 28 de maio de 1956 voltou à antiga denominação de Largo de São Carlos.

Afonso Costa descerra a placa toponímica do "Largo do Directório", em 1911.

Importância[editar | editar código-fonte]

No N.º4. 4º Direito, nasceu o poeta Fernando Pessoa a 13 de Junho de 1888. [1]

Referências

  1. Revista Municipal da Câmara Municipal de Lisboa n.º12, 2.º Trimestre de 1985.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Arruamentos, integrado no Projecto Grande Lisboa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Largo de São Carlos