Leea

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaLeea
Leea rubra

Leea rubra
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Vitales
Família: Vitaceae
Género: Leea
L.
Espécies
Ver texto

Leea é um gênero de plantas originárias das regiões tropicais da África, da Índia, Sudeste Asiático e Nova Guiné[1] [2] . As plantas desse género são comumente designadas pelo nome leéia, e utilizadas como plantas ornamentais e medicinais.[1]

Características[editar | editar código-fonte]

Leeia rubra, muito utilizado como planta ornamental.
Leea guineensis, nativa do Havaí.

As leéias variam bastante de aparência. Podem possuir folhas com um a quatro pecíolos, além de folhas simples. As folhas são geralmente dispostas em espirais ou opostas. Suas flores podem ser tetrâmeras[3] ou pentrâmeras,[4] são hermafroditas e geralmente têm forma tubular. Produzem bagas, geralmente em cachos.[1]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Tradicionalmente, o gênero Leea foi localizado na famíla Vitaceae. O sistema APG II o coloca na subfamília Leeoideae da família Vitaceae.[2] Alguns autores colocam as leéias na sua propria família, Leeaceae,[1] devido a diferenças significativas em relação às demais plantas da família Vitaceae, como o número de carpelos (Leeaceae possui três, Vitaceae possui dois) e ausência do disco floral. Estudos da estrutura pólen também foram feitos, e a conclusão foi que as famílias Vitaceae e Leeaceae deveriam permanecer taxonomicamente separadas. Por outro lado, outros estudos sugerem o oposto, isto é, que Leea deveria ser um gênero de Vitaceae[5] .

Espécies[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Houaiss, Antônio. Dicionário Houaiss da língua portuguesa. Verbete leéia. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001 1735 p.
  2. a b «Vitales» (HTML) (em Inglês). Consultado em 23 de Janeiro de 2008. 
  3. Isto é, possuem quatro pétalas, ou múltiplo de quatro.
  4. Possuem cinco pétalas, ou múltimplo.
  5. Gerrath, Jean M.; Christian R. Lacroix, Usher Posluszny (1990). «The Developmental Morphology of Leea guineensis. II. Floral Development» (HTML) (em Inglês). Botanical Gazette. pp. 210–220.  Parâmetro desconhecido |mes= ignorado (|data=) (Ajuda);
Ícone de esboço Este artigo sobre rosídeas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.