Lei Títia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Lei Títia (Latim: Lex Titia) foi uma lei romana de 27 de Novembro de 43 a.C., que concedeu a Marco Antônio, Otávio e Lépido o direito de governar o estado romano, por um período de cinco anos.[1] É comumente conhecida como a lei que formalizou e legalizou o Segundo Triunvirato - o Primeiro Triunvirato, formado por Júlio César, Pompeu e Crasso, existiu apenas informalmente.

Referências

  1. Abbott, Frank Frost (1963). A History and Descriptions of Roman Political Institutions 3 ed. New York: Biblo and Tannen. p. 218