Levantamento de peso paralímpico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O levantamento de peso paraolímpico ou levantamento de peso básico paraolímpico é uma adaptação do esporte de levantamento de peso básico para atletas com deficiência física. A única disciplina é o supino.

Pictograma do levantamento de peso paraolímpico nos Jogos Paraolímpicos de 2008.

O levantamento de peso paraolímpico teve sua primeira aparição na segunda edição dos Jogos Paraolímpicos de Verão de 1964, em Tóquio, sob o nome de halterofilismo paraolímpico (em inglês: paralympic weightlifting). Somente homens com lesão na medula espinhal participaram com regras pouco diferentes das usadas hoje.

Ao longo dos anos seguintes, o halterofilismo paraolímpico sofreu uma importante transição para incluir outros tipos de deficiência e incorporar regras idênticas às da competições de levantamento de peso básico. Nos Jogos Paraolímpicos de Verão de 1984, o levantamento de peso básico paraolímpico (em inglês: paralympic powerlifting) teve sua primeira aparição.

Durante a Assembléia Geral em Barcelona, em 1992, decidiu-se incluir apenas o powerlifting (levantamento de peso básico paraolímpico) nos Jogos Paraolímpicos, e não mais o halterofilismo paraolímpico. Mudou-se o nome de "weightlifting" para "powerlifting" e agora o concurso está aberto a todos os atletas com paralisia cerebral, lesão medular, amputados (somente membros inferiores amputados) e outros que preencham os critérios mínimos de deficiência.

As mulheres competiram em Jogos Paraolímpicos pela primeira vez, em Sydney, na edição de 2000.

O esporte é regido pelo Comitê Paraolímpico Internacional (IPC)[1] e coordenado pelo IPC Powerlifting Technical Committee, fundado em 1989.

Competição[editar | editar código-fonte]

Os equipamentos do levantamento básico paraolímpico são os mesmos usados pelo levantamento básico e são uma barra de aço, discos (ou anilhas) e colares (ou presilhas), para fixar os discos na barra. A barra deve medir 2,20 m de comprimento e pesar 20 kg.

Os discos são feitos de metal e têm os seguintes pesos: 1,25, 2,5, 5, 10, 15, 20, 25 e 50 kg. Para a quebra de recordes, discos mais leves podem ser usadas para conseguir um peso de no mínimo 0,5 kg maior que o recorde existente.

Os colares devem pesar 2,5 kg cada um.

Os atletas competem deitados em um banco. O banco oficial têm 2,10 m de extensão. A parte principal do banco têm 61 centímetros de largura. Na extremidade do banco e em direção a cabeça, o banco estreita-se para menos de 30 centímetros. A altura do banco varia entre 45 e 50 centímetros do solo.

Supino. O supino é a única prova e começa no momento em que a barra é retirada do suporte — com ou sem a ajuda do auxiliar central — estendendo totalmente os braços; a seguir, têm de baixá-la até ao peito, mantê-la imóvel neste nível e, em seguida, elevá-la até a posição inicial, finalizando o movimento.

Os atletas competem em classes de peso, de acordo com a sua massa corporal. São divididos em dez categorias de peso, conforme o sexo. Até 31 dezembro de 2013, as categorias eram seguintes:[2]

  • masculino: até 48 kg, 52 kg, 56 kg, 60 kg, 67,5 kg, 75 kg, 82,5 kg, 90 kg, 100 kg e acima de 100 kg
  • feminino: até 40 kg, 44 kg, 48 kg, 52 kg, 56 kg, 60 kg, 67,5 kg, 75 kg, 82,5 kg e acima de 82,5 kg

Mas em 1º de janeiro de 2013, novas categorias de peso foram fixadas:[3]

  • masculino: até 49 kg, 54 kg, 59 kg, 65 kg, 72 kg, 80 kg, 88 kg, 97 kg, 107 kg e acima de 107 kg
  • feminino: até 41 kg, 45 kg, 50 kg, 55 kg, 61 kg, 67 kg, 73 kg, 79 kg, 86 kg e acima de 86 kg.

Aos atletas são dadas três tentativas e o vencedor é o atleta com o maior peso levantado. Três árbitros avaliam cada tentativa de levantamento, escolhendo a cor branca ou uma luz vermelha. O peso da barra deve ser sempre um múltiplo de 1 kg, exceto quando da tentativa de um novo recorde. Entre a primeira e a segunda tentativa, e entre a segunda e a terceira tentativa, deve haver um aumento mínimo de 1 kg.

Podem competir atletas com deficiência mínima, de 14 anos em diante, e que possam estender completamente os braços com não mais de 20 graus de perda em ambos cotovelos para realizar o movimento válido.

Recordes mundiais[editar | editar código-fonte]

Novos[editar | editar código-fonte]

Recordes das categorias de peso atuais.[4]

Homens[editar | editar código-fonte]

Classe de peso Nome Nação Marca Local Data
-49 kg Cong van Le  Vietnã 183,5 kg Cidade de México 04.12.2017
-54 kg Sherief Othman  Egito 205 kg Dubai 06.04.2014
-59 kg Sherief Othman  Egito 211 kg Rio de Janeiro 09.09.2016
-65 kg Paul Kehinde Nigéria 221 kg Dubai 19.02.2018
-72 kg Roohallah Rostami  Irão 229 kg Jacarta 09.10.2018
-80 kg Majid Farzin  Irão 240 kg Rio de Janeiro 12.09.2016
-88 kg Ye Jixiong  China 234 kg Jacarta 11.10.2018
-97 kg Mohamed Eldib  Egito 243 kg Dubai 18.02.2018
-107 kg Sodnompiljees Enkhbayar Mongólia 247 kg Nur-Sultã 18.07.2019
+107 kg Siamand Rahman  Irão 310 kg Rio de Janeiro 14.09.2016

Mulheres[editar | editar código-fonte]

Classe de peso Nome Nação Marca Local Data
-41 kg Cui Zhe  China 104,5 kg Nur-Sultã 13.07.2019
-45 kg Guo Lingling  China 118 kg Nur-Sultã 13.07.2019
-50 kg Esther Oyema Nigéria 131 kg Gold Coast 10.04.2018
-55 kg Mariana Shevchuk  Ucrânia 131 kg Dubai 09.02.2019
-61 kg Lucy Ejike Nigéria 142 kg Rio de Janeiro 11.09.2016
-67 kg Tan Yujiao  China 140,5 kg Jacarta 09.10.2018
-73 kg Souhad Ghazouani  França 150 kg Aleksin 25.05.2013
-79 kg Bose Omolayo Nigéria 142 kg Nur-Sultã 17.07.2019
-86 kg Folashade Oluwafemiayo Nigéria 150 kg Nur-Sultã 18.07.2019
+86 kg Josephine Orji Nigéria 160 kg Rio de Janeiro 14.09.2016

Antigos[editar | editar código-fonte]

Recordes mundiais do levantamento básico paraolímpico ratificados pelo Comitê Paraolímpico Internacional até 31 dezembro de 2012.[5]

Homens[editar | editar código-fonte]

Classe de peso Nome Nação Marca Local Data
-48 kg Yakubu Adesokan Nigéria 180 kg Londres 30.08.2012
-52 kg Sherief Othman  Egito 191 kg Dubai 28.03.2010
-56 kg Sherief Othman  Egito 206,5 kg Dubai 23.02.2012
-60 kg Nader Moradi  Irão 203,5 kg Sharjah 02.12.2011
-67,5 kg Liu Lei  China 226 kg Londres 02.09.2012
-75 kg Zhang Haidong  China 240 kg Sydney 26.10.2000
-82,5 kg Zhang Haidong  China 248,5 kg Kunming 18.05.2007
-90 kg Park Jong-Chul  Coreia do Sul 250 kg Busan 30.10.2002
-100 kg Mohamed Eldib  Egito 249 kg Londres 05.09.2012
+100 kg Siamand Rahman  Irão 291 kg Sharjah 04.12.2011

Mulheres[editar | editar código-fonte]

Classe de peso Nome Nação Marca Local Data
-40 kg Nazmiye Muslu  Turquia 109 kg Londres 30.08.2012
-44 kg Lucy Ejike Nigéria 127,5 kg Atenas 20.10.2004
-48 kg Esther Oyema Nigéria 135 kg Londres 01.09.2012
-52 kg Joy Onaolapo Nigéria 131 kg Londres 01.09.2012
-56 kg Fatma Omar  Egito 143 kg Londres 02.09.2012
-60 kg Souhad Ghazouani  França 136 kg Kuala Lumpur 28.07.2010
-67,5 kg Souhad Ghazouani  França 147 kg Dubai 24.02.2012
-75 kg Folashade Oluwafemiayo Nigéria 148 kg Londres 03.09.2012
-82,5 kg Heba Said Ahmed  Egito 155 kg Pequim 14.09.2008
+82,5 kg Grace Anozie Nigéria 168 kg Dubai 25.02.2012

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. O Comitê Paraolímpico Internacional reconhece somente a International Powerlifting Federation (IPF) dentre as federações que regem o levantamento de peso básico: arquivo (21 de maio de 2009)
  2. IPC Powerlifting Technical Committee. «2011-2012 IPC powerlifting rules and regulations» (PDF). Consultado em 11 de junho de 2012. Arquivado do original (PDF) em 19 de novembro de 2011 
  3. IPC Powerlifting Technical Committee. «About the sport». www.paralympic.org. Consultado em 5 de julho de 2020 
  4. «World Records - World Para Powerlifting - Senior». www.paralympic.org. Consultado em 5 de julho de 2020 
  5. «World & Regional Records 2012 - Senior» (PDF). www.paralympic.org. Consultado em 5 de julho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]