Astana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Astaná
Астана
Astana1.jpeg
Bandeira oficial de Astaná
Brasão oficial de Astaná
Bandeira Brasão
Astaná está localizado em: Cazaquistão
Astaná
Localização de Astaná ( Cazaquistão)
Coordenadas 51° 10' N 71° 25' E
País Cazaquistão
Área  
  Total 258,41 km²
População  
  Cidade (2013) 780 880
    Densidade   958/km²

Astaná[1] [2] [3] [4] [5] (em russo e cazaque: Астана, transliterado: Astana, pronunciado: [astaˈna] ( ouvir)) é a capital e a segunda maior cidade do Cazaquistão. A cidade já teve os nomes de Akmolinsk (Акмолинск) entre 1824 e 1961, Tselinogrado (Целиноград) entre 1962 e 1991 e, com o fim da União Soviética e a independência da República do Cazaquistão, em 1992, passou a chamar-se Akmola (Акмола), nome que manteve entre 1992 e 1998. Em 1997, tornou-se a capital do Cazaquistão, e no ano seguinte por fim recebeu o nome atual de Astaná, que significa "capital" no idioma cazaque. Em 2009, Astana contava com 802 980 habitantes, contingente que cresceu, segundo o censo de setembro de 2014, para 835.153, numa tendência de aumento incessante. É também uma das capitais com clima mais frio do mundo (no fim do outono os termômetros já podem marcar 35 a 40 graus centígrados negativos). Astaná é banhada pelo rio Ishim.

História[editar | editar código-fonte]

A cidade foi fundada em 1824 com o nome de Akmolinsk (Акмолинск). A sua importância cresceu no fim do século XIX, quando se tornou um entroncamento de importantes linhas ferroviárias. Assim que o Cazaquistão tornou-se independente da União Soviética em 1991, a cidade foi renomeada para Akmola (Акмола) e futuramente se tornaria a capital da nova nação. Em 1997, quando a capital foi transferida finalmente de Almaty para esta cidade, o seu nome foi mais uma vez alterado.

As razões para tornar Astana a capital do país não se limitam aos terremotos em Almaty, mas também existia um forte interesse do governo cazaque de poder controlar de uma melhor forma as zonas do nordeste, onde existe grande influência russa e fala-se russo.

Economia[editar | editar código-fonte]

O centro da cidade
Bayterek-Tower e United Buddy Bears (2010)

A indústria mais importante é a ligada aos couros. A zona da cidade representa uma zona económica especial.

Transportes[editar | editar código-fonte]

Astana é um ponto importante nos caminhos-de-ferro, não só em sentido norte-sul [de Petropavl (ou Petropavlovsk) para Tashkent e Almaty], mas também oeste-leste (de Moscovo para a China). A cidade é servida pelo Aeroporto Internacional de Astana.

Pontos de interesse[editar | editar código-fonte]

  • Bayterek
  • Oceanário (numa das capitais mais afastadas do mar)
  • Centro Islâmico
  • Torre do Hotel Intercontinental
  • Mercado
  • Catedral (católica ortodoxa russa)

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]

Astaná é cidade-irmã de:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Cazaquistão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Divisões administrativas do Cazaquistão Bandeira do Cazaquistão
Províncias Almaty | Aqmola | Aqtöbe | Atyrau | Cazaquistão Oriental | Cazaquistão do Norte | Cazaquistão Ocidental | Cazaquistão do Sul | Mangghystau | Pavlodar | Qarağandı (Karaganda) | Qostanay | Qyzylorda | Jambyl
Cidades independentes Almaty | Astana | Baikonur


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Astana
  1. Revista da Agência Brasileira de Inteligência da Presidência da República (Brasil).
  2. Globo.
  3. Notícias UOL.
  4. Revista Superinteressante.
  5. Jornal Público (Portugal).