Vientiane

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vientiane

ວຽງຈັນ

  Cidade  
Em sentido horário, do topo: Templo em That Luang, Haw Phra Kaew, That Dam, That Luang Stupa, Mekong Riverside, Patuxai, Wat Si Saket
Em sentido horário, do topo: Templo em That Luang, Haw Phra Kaew, That Dam, That Luang Stupa, Mekong Riverside, Patuxai, Wat Si Saket
Localização
País Laos
Características geográficas
População total (2015) 820 940 hab.

Vientiane (português brasileiro) ou Vienciana (português europeu) (pronunciado em português europeu[viẽsiˈɐnɐ]; pronunciado em português brasileiro[viẽtʃiˈɐni]; em lau: ວຽງຈັນ, translit.: Viang-chan, pronunciado: [ʋíəŋ tɕàn]; em francês: Vientiane, pronunciado: [vjɛ̃ˈtjan]) é a capital e a maior cidade do Laos. Está localizada às margens do rio Mekong, que faz fronteira com a Tailândia neste ponto. As informações sobre o número de habitantes variam muito, mas estima-se que há pelo menos 200 000 pessoas no município (e 800 000 na região metropolitana, dados de 2005), o que corresponde a 10% da população do país.

Sri Sattanak ou Sisattanak (em lao: ສີສັດຕະນາກ) também são nomes nativos de Vientiane.

Distritos[editar | editar código-fonte]

Vientiane compreende os seguintes distritos:

  • Chantabuly
  • Hadxaifong
  • Sikhottabong
  • Sisattanak
  • Xaysetha

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

A cidade mostra muita arquitetura colonial francesa.

Economia[editar | editar código-fonte]

Vientiane é a principal força motriz por trás da mudança econômica, tornando-se o centro econômico do Laos. Nos últimos anos, a cidade tem experimentado um rápido crescimento econômico devido o investimento estrangeiro.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Apesar de ainda ser uma cidade pequena, a cidade vive um grande afluxo de turistas. Vientiane contém muitos templos e monumentos budistas, como Pha That Luang, uma estupa budista e um dos mais famosos no Laos. É o monumento cultural nacional mais importante e muito popular entre os turistas estrangeiros. O original foi construído em 1566 pelo rei Setthathirath, e foi restaurado em 1953. O stupa de ouro possui 45 metros de altura e acredita-se conter uma relíquia do Buda.

Outra atração turística que também é popular entre os turistas é Wat Si Muang. O templo foi construído sobre as ruínas de um templo Khmer Hindu, sobre o que pode ter sido um salão de ordenação.[1] Foi construído em 1563 e acredita-se que é guardado pelo espírito de uma garota local chamada "Si" . a lenda diz que Nang Si, que estava grávida na época, pulou para a morte como um sacrifício, assim como o pilar que estava sendo abaixado para o buraco. Em frente ao templo, está erguida uma estátua do rei Sisavang Vong.[1]

O monumento memorial Patuxai, começou a ser construído em 1957 e concluído em 1968, sendo talvez o marco mais importante na cidade. Enquanto o Arco do Triunfo em Paris inspirou a arquitetura, o design incorpora elementos típicos do Laos, incluindo A "Kinnari", uma mulher-pássaro mítico. Visitantes energéticos podem subir até o topo do monumento, o que revela uma excelente vista panorâmica da cidade.

Buddha Park foi construído em 1958 por Luang Pu Bunleua ​​Sulilat e contém uma coleção de esculturas budistas e hindus, espalhadas entre jardins e árvores. O parque foi construído a cerca de 28 quilômetros ao sul de Vientiane, na beira do rio Mekong.[2]

Vista de Vientiane a partir do Patuxai.

Transportes[editar | editar código-fonte]

A Ponte da Amizade Thai-Lao, construída na década de 1990, cruza o rio a poucos quilómetros da cidade de Nong Khai, na Tailândia, e é o principal caminho entre os dois países. Trilhos de uma ferrovia internacional atravessam a ponte, podendo-se viajar de trem até Bangkok, a capital da Tailandia. O nome oficial da ponte foi alterado em 2007 pela adição de "Primeira", antes de "Ponte da Amizade". Em 2006, uma segunda ponte, de 1 600 metros e que levou três anos para ser construída, ligando Mukdahan na Tailândia com Savannakhet no Laos foi inaugurada, numa cerimónia assistida por 10 000 pessoas, com a presença de governantes dos dois países.

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Wat Si Muang» (em inglês). Asia for Visitors. Consultado em 31 de outubro de 2014 
  2. «Buddha Park - Vientiane - Laos - Asia for Visitors» (em inglês). Asia for Visitors. Consultado em 31 de outubro de 2014 
Ícone de esboço Este artigo sobre o Laos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.