Lewis Libby

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo sobre política não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Scotter Libby
Nome completo Lewis "Scooter" Libby
Nascimento 22 de agosto de 1950 (66 anos)
Nacionalidade  Estados Unidos

Lewis "Scooter" Libby (22 de agosto de 1950) foi um ex-alto funcionário da Casa Branca e Gabinete do Vice-Presidente dos Estados Unidos 2001-2005. Libby detinha os títulos de Assistente do Vice-Presidente para Assuntos de Segurança Nacional e Chefe de Gabinete do Vice-Presidente dos Estados Unidos e assessor do presidente durante a administração do presidente George W. Bush e do vice-presidente Dick Cheney.

Em outubro de 2005, Libby foi indiciado foi indiciado por perjúrio, declarações falsas ao FBI e obstrução da justiça na investigação do caso de revelação da identidade secreta de uma agente da CIA, Valerie Plame Wilson.[1][2][3][1] Imediatamente após o anúncio do indiciamento, Libby renunciou aos três cargos que exercia no governo.[4]

Em 6 de março de 2007, foi condenado pelo grande juri por quatro das cinco acusações que pesavam contra ele (duas de perjúrio, duas de falsas declarações a investigadores federais e uma de obstrução da justiça). Livrou-se apenas de uma das acusações de falsas declarações.[5][6][5]

Referências

  1. a b "Transcript of General Hayden's Interview with WTOP", 1º de junho de 2007
  2. Joel Seidman, "Plame Was 'covert' Agent At Time of Name Leak", MSNBC.com, May 29, 2007.
  3. Neil A. Lewis, "Source of C.I.A. Leak Said to Admit Role"
  4. "Indictment" in United States of America vs. I. Lewis Libby, also known as "Scooter Libby", United States Department of Justice, 28 de outubro de 2005.
  5. a b "I. Lewis Libby Jr. (Index): The Counts", The New York Times, Times Topics (atualizados periodicamente), 6 de março de 2007.
  6. David Stout e Neil Lewis, "Libby Guilty of Lying in C.I.A. Leak Case", The New York Times, 6 de março de 2007.


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.