Linguagem objetiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Linguagem Objetiva é um estilo de escrita simples e eficiente que permite o leitor entender facilmente o que está escrito. É uma linguagem clara, moderna e despretensiosa, cuidadosamente escrita para facilitar a compreensão.

A linguagem objetiva é comunicação de informação clara e acessível de tudo aquilo que as pessoas precisam saber.

A informação clara orienta boas decisões no trabalho e na vida cotidiana, evita erros e prejuízos e gera bons resultados para as organizações públicas e privadas.

As soluções de informação clara se expressam nos formatos e plataformas mais eficazes para cada necessidade: em meios impressos, digitais e audiovisuais.

Há algumas associações internacionais que divulgam o uso da linguagem simples, ou plain language, em inglês, como a PLAIN e a Clarity International.

No Brasil, o conceito de linguagem acessível para informação clara vem sendo estudado, divulgado e aplicado por um grupo de profissionais e pesquisadores de comunicação desde 1989.

Legislação brasileira[editar | editar código-fonte]

Lei Complementar nº 95, de 26 de fevereiro de 1998.

“Art. 11 – As disposições normativas serão redigidas com clareza, precisão e ordem lógica”.

Entre outras coisas, recomenda usar palavras e expressões em seu sentido comum, usar frases curtas e concisas e construir as orações em ordem direta.

Lei nº 11.785, de 22 de setembro de 2008.

Os contratos de adesão escritos serão redigidos em termos claros com caracteres ostensivos e legíveis, cujo tamanho da fonte não será inferior ao corpo doze, de modo a facilitar sua compreensão pelo consumidor.

Resolução nº 79, de 9 de junho de 2009, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

“a) informar a população sobre seus direitos e sobre o funcionamento da Justiça, em linguagem simples e acessível”

Referências[editar | editar código-fonte]

Associações[editar | editar código-fonte]

Center for Plain Language: http://centerforplainlanguage.org

Clarity International: http://clarity-international.net

Improving Communication from the US Federal Government to the Public: http://www.plainlanguage.gov

Plain Language Association International (PLAIN): http://plainlanguagenetwork.org>

Periódicos e artigos[editar | editar código-fonte]

“Termos rebuscados atrapalham a compreensão de sentenças judiciais e textos do Direito”: http://www12.senado.gov.br/jornal/edicoes/2012/06/26/termos-rebuscados-atrapalham-a-compreensao-de-sentencas-judiciais-e-textos-do-direito

Clarity Journals: http://www.clarity-international.net/journals

"Before and after". Plain English Campaign. 24 July 2012. http://www.plainenglish.co.uk/campaigning/examples/before-and-after.html