Linha B do RER

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Linha B do RER é uma das cinco linhas do RER - Rede Expressa Regional que serve a Paris, França.

A linha vai do Aeroporto Internacional Charles de Gaulle (B3) e Mitry-Claye (B5) a Robinson (B2) e Saint-Rémy-lès Chevreuse (B4).

História[editar | editar código-fonte]

A Linha B foi inaugurada em 09 de dezembro de 1977. Surgiu a partir da Ligne de Sceaux, fundada em 1846. A linha inicialmente interligava Paris a Sceaux, partindo da Gare de Denfert-Rochereau, depois a Robinson, Massy-Palaiseau e Limours, e a partir de 1939, Saint-Rémy-lès Chevreuse.

Percurso[editar | editar código-fonte]

A Linha possui dois ramais ao norte, para o Aeroporto Internacional Charles de Gaulle (B3) e Mitry-Claye (B5), e dois ramais ao sul, para Robinson (B2) e Saint-Rémy-lès Chevreuse (B4).

A parte sul da linha (sul da Gare du Nord) é operada pela RATP, a parte norte pela SNCF. Os trens são de propriedade das duas empresas. Até dezembro de 2009, os controladores mudaram na Gare du Nord; controladores da RATP e SNCF agora operam todos os seus trens na linha longa. Trens moverem de uma rede para a outra nas estações é conhecida como a Interconexão. As dificuldades técnicas de interconexão incluem: o túnel compartilhado com a linha D entre Gare du Nord e Châtelet - Les Halles, e o fato de que enquanto a parte da SNCF usa corrente alternada de 25 kV, a parte da RATP utiliza 1500 V DC, obrigando a utilização de trens de dupla voltagem.

Expansão[editar | editar código-fonte]

Planeja-se estender a linha a Dammartin e separar a linha D da linha B com novos túneis no trecho entre Gare du Nord e Châtelet - Les Halles.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]