Mármore de Paros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A tão famosa estátua da Vitória de Samotrácia foi esculpida com o mármore de Paros

O mármore de Paros é uma variedade de mármore altamente apreciada pela brancura, fineza e semitransparência. Foi explorado nas pedreiras daquela ilha grega para ser utilizado na construção de edifícios públicos e templos, e na elaboração de esculturas pelos gregos da era clássica. As pedreiras originais, exploradas a partir do século VI a.C., ainda podem ser vistas no pico central da ilha.

Algumas das maiores obras-primas gregas foram confeccionadas com aquele mármore, como a tão famosa Vitória de Samotrácia, hoje no Museu do Louvre.

A ilha de Paros era a terra de numerosos escultores, como Agorácrito – que trabalhou na Acrópole de Atenas –, e Escopas – que trabalhou no Mausoléu de Halicarnasso.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • (em inglês) The Concise Oxford Dictionary of Archaeology, Timothy Darvill (2002)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]