Macaco-narigudo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaMacaco-narigudo
Macaco-narigudo na baía Labuk, Sabah, Borneo.
Macaco-narigudo na baía Labuk, Sabah, Borneo.
Estado de conservação
Espécie em perigo
Em perigo (IUCN 3.1) [1]
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Primates
Superfamília: Cercopithecoidea
Família: Cercopithecidae
Subfamília: Colobinae
Género: Nasalis
É. Geoffroy, 1812
Espécie: N. larvatus
Nome binomial
Nasalis larvatus
Wurmb, 1787
Distribuição geográfica
Nasalis larvatus range map.png

O macaco-narigudo (Nasalis larvatus) é um macaco da família dos cercopitecídeos, endêmico das florestas tropicais de Bornéu, o qual se encontra localizado no oceano Índico.

Animais de pelagem acastanhada, os quais chamam atenção pelo tamanho do seu nariz. Podem chegar de 60 a 70 cm de altura e chegar ao peso de até 23 kg (as fêmeas não pesam o mesmo valor, seu peso é inferior ao peso dos machos). (FOTO DE UMA FÊMEA)

Os macacos-narigudos passam bastante parte do tempo em árvores e, por vezes, no solo à procura de alimento. Seu habitat está sempre em torno de rios, pântanos e mangues. Seu nome popular deriva do fato dos machos possuírem um nariz longo e flexível. Seu nariz emite um som, o qual também atrai fêmeas na época de acasalamento. O formato do nariz amplifica o eco, porém apenas os machos apresentam o nariz saliente.

Estes animais são os primatas mais capacitados em nado, os animais já em idade adulta apresentam um nado com velocidade superior a dos crocodilos.

Segundo algumas crenças na Indonésia, tal macaco tem a missão de iluminar os caminhos da humanidade, dando exemplos de caráter, amor aos seus semelhantes e iluminação espiritual. Na crença do povo da Indonésia, o macaco-narigudo tem papel de líder espiritual, o qual vai guiar as nações para os caminhos da luz.

Cada macho narigudo dominante apresenta o seu próprio harém, com cerca de 2 a 7 fêmeas. E assim como os outros primatas, os macacos-narigudos também acasalam, mesmo que sem intenção de procriar.

Este animal é uma das maiores espécies de macacos da Ásia. É um animal omnívoro e alimenta-se de insetos, folhas, sementes e frutos verdes. Infelizmente, os seus habitats vêm sendo destruídos, o que tem contribuído para a sua extinção.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • GROVES, C. P. Order Primates. In: WILSON, D. E.; REEDER, D. M. (Eds.). Mammal Species of the World: A Taxonomic and Geographic Reference. 3. ed. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 2005. v. 1, p. 111-184.
  • The Book of Word: George Owell.

Referências

  1. Meijaard, E., Nijman, V. & Supriatna, J. (2008). Nasalis narvatus (em Inglês). IUCN 2008. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2008 . . Página visitada em 16 de outubro de 2017..
Ícone de esboço Este artigo sobre Macacos do Velho Mundo ou Hominoidea, integrado ao WikiProjeto Primatas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.