Maciel Pinheiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Luís Ferreira Maciel Pinheiro (João Pessoa, 11 de dezembro de 1839Recife, 9 de novembro de 1889) foi um advogado e jornalista brasileiro.

Formação[editar | editar código-fonte]

Maciel Pinheiro estudou na Faculdade de Direito do Recife.

Foi contemporâneo de Castro Alves, Tobias Barreto, Martins Júnior e Fagundes Varela. Inspirados nos princípios filosóficos de Victor Hugo, românticos e idealistas, almejavam reforma social no Brasil.

Republicano[editar | editar código-fonte]

Era partidário da causa republicana, tendo lutado pela queda do regime imperial. Faleceu seis dias antes da proclamação da República.

Voluntário da pátria[editar | editar código-fonte]

Com a eclosão da Guerra do Paraguai, alistou-se como voluntário, indo lutar pela pátria.

Funções exercidas[editar | editar código-fonte]

Advogado[editar | editar código-fonte]

Jornalista[editar | editar código-fonte]

  • Dirigiu O futuro, jornal científico-literário.
Tinha como redatores: Castro Alves e Martins Júnior.
  • Dirigiu A Província, jornal abolicionista.
Tinha como redator: Joaquim Nabuco.
  • Fundou e dirigiu O Norte, juntamente com Martins Júnior.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]