Maeve Binchy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maeve Binchy

Maeve Binchy (Dalkey, 28 de Maio de 1939[1] - Dublin, 30 de Julho de 2012) foi uma escritora, professora e articulista irlandesa. Conhecida por sua simpatia e sua frequente forma bem humorada de retratar a vida dos pequenos povoados irlandeses, por seus personagens descritivos, por seu interesse pela natureza humana e pelos surpreendentes e astuciosos finais de seus escritos. Seus romances traduzidos para 37 línguas, venderam mais de 40 milhões de cópias ao redor do mundo. E sua morte aos 73 anos, anunciada por Vincent Browne na televisão irlandesa na noite de 30 de julho de 2012, foi lamentada como a morte da mais amada e reconhecida escritora da Irlanda.

Ela quebrou o mercado literário americano, se apresentando na lista de best-sellers do The New York Times e no Oprah´s Book Club.

Conhecida por sua "total ausência de malícia" e generosidade para com outros escritores, ela ficou em 3° lugar em uma pesquisa de opinião para o dia mundial do livro realizada em 2000, à frente de Jane Austen, Charles Dickens e Stephen King

Biografia[editar | editar código-fonte]

Maeve Binchy também era conhecida por ter sidoÉ articulista de jornais em matérias de turismo e colunas humorísticas.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Entre o amor e a amizade
  • O lago de vidroe
  • Evening Glass
  • Tara Road
  • Uma Casa na Irlanda
  • Noites de Chuva e Estrelas
  • Círculo de Amigos
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. Born 1939 as per biography, Maeve Binchy by Piers Dudgeon, Thomas Dunne Books 2013; ISBN 978-1-250-04714-4 (hardcover), pp. 4, 280, 302; ISBN 978-1-4668-4750-7 (ebook)