Magneti Marelli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Magneti Marelli Holding S.p.A. é uma antiga subsidiária do grupo Fiat, vendida para o Grupo Calsonic-KKR em 2018 [1], que produz sistemas para uso em automóveis. Foi fundada em 1919 como uma joint-venture entre a Fiat e a Ercole Marelli, sendo batizada de F.I.M.M. (Fabbrica Italiana Magneti Marelli).

A empresa atua nas mais variadas peças automotivas como sistemas elétricos, mecânicos, sistemas de exaustão, sistemas de câmbio, sistemas de suspensão entre outras tecnologias, também. [2]

Atualmente, a Magneti Marelli lida com sistemas inteligentes para segurança ativa e passiva de veículos, bem como sistemas de trem de força. As linhas de negócios incluem sistemas de iluminação automotiva, sistemas de controle da carroceria, sistemas de controle do trem de força, clusters de instrumentos eletrônicos, sistemas telemáticos e computadores, sistemas e componentes de suspensão, sistemas de escapamento e automobilismo, nos quais a Magneti Marelli desenvolve sistemas eletrônicos específicos para a Fórmula 1, Grande Prémio de Motos e Campeonato Mundial de Ralis.

Investimentos recentes[editar | editar código-fonte]

A Magneti Marelli possui 11 fábricas no Brasil, e em 2013 abriu uma fábrica em Pernambuco.[3]

Referências

  1. Redação (22 de outubro de 2018). «Japonesa Calsonic compra MM por 7,1 bi». Reuters. Consultado em 30 de outubro de 2019 
  2. «"Fabricante Magneti Marelli acompanha fiat e tambem vai ao nordeste"». Valor Econômico. Consultado em 05 de junho de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «"Magneti Marellu tera nova fabrica no Brasil"». IG. Consultado em 05 de junho de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.