Malabarismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Um malabrista utilizando tochas pelas ruas de São Paulo.

Malabarismo é uma habilidade física, executada com destreza por um malabarista, que envolve a manipulação de objetos por diversão, entertenimento, arte, ou esporte. A forma mais conhecida de malabarismo é o malabarismo de arremesso.[1] O malabarismo pode consistir da manipulação de um ou mais objetos ao mesmo tempo, na maioria das vezes com uma ou ambas as mãos, embora também possam ser usados os pés. Os malabaristas frequentemente se referem aos objetos que eles manipulam como props. Os objetos mais comuns são bolas, claves e argolas. Alguns malabaristas utilizam objetos mais dramáticos, tais como facas, tochas ou motosserras. O termo malabarismo pode se referir frequentemente a outras habilidades de manipulação de outros objetos, tais como diabolo, devil sticks, poi, caixas de cigarros, malabarismo de contato, hooping, ioiô e chapéus.[2]

Origem[editar | editar código-fonte]

Os registros mais antigos de homens realizando malabarismos remontam do antigo Egito,[3] havendo ainda registros na cultura chinesa, indiana, grega, romana, nórdica, asteca, e polinésia.[4][5][6] O termo “malabares” foi adotado da costa de Malabar (região do sudeste da Índia), na qual os habitantes manipulavam objetos com muita destreza[7][8]

Recordes[editar | editar código-fonte]

O record para malabarismo com bolas de futebol são cinco simultâneas, tendo sido atingido por diferentes homens em 2006, 2014 e 2015.[9]

Referências

  1. Ernest (2011), p.2.
  2. da Costa e Silva, Tiago Aquino; Gonçalves, Kaoê Giro Ferraz (2017). Manual de lazer e recreação: O mundo lúdico ao alcance de todos. [S.l.]: Phorte. p. 119. ISBN 9788576556640 
  3. Beek, Peter J. and Lewbel, Arthur (1995). "The Science of Juggling Arquivado em 2016-03-04 no Wayback Machine.", Scientific American.
  4. «Prof. Arthur Lewbel's Research in Juggling History». .bc.edu. Consultado em 27 de março de 2012. Arquivado do original em 17 de fevereiro de 2012 
  5. «The JIS Museum of Juggling's Ethnography section». Juggling.org. 13 de março de 1995. Consultado em 27 de março de 2012 
  6. Jane, Taylor (2001). Petra and the Lost Kingdom of the Nabataeans. London, United Kingdom: I.B.Tauris. 41 páginas. Consultado em 16 de julho de 2016 
  7. BORTOLETO, 2008
  8. [1] Chinese Acrobatics Through the Ages, by Fu Qifeng
  9. «Most footballs juggled». Guinness World Records (em inglês) 
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Malabarismo
Ícone de esboço Este artigo sobre arte ou história da arte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.