Malaqueijo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Portugal Malaqueijo 
  Freguesia portuguesa extinta  
Localização
Malaqueijo está localizado em: Portugal Continental
Malaqueijo
Localização de Malaqueijo em Portugal Continental
Coordenadas 39° 17' 39" N 8° 49' 13" O
Concelho primitivo Rio Maior
História
Fundação 1984
Extinção 28 de janeiro de 2013
Características geográficas
Área total 5,84 km²
Outras informações
Orago São Brás

Malaqueijo é uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Rio Maior, com 5,84 km² de área e 438 habitantes (2011). A sua densidade populacional era 75 hab/km². Foi extinta (agregada) pela reorganização administrativa de 2012/2013,[1] sendo o seu território integrado na freguesia de Azambujeira e Malaqueijo.

A freguesia foi criada em 31 de Dezembro de 1984 por desanexação da de São João da Ribeira.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Malaqueijo [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
519 464 438

Criada pela lei nº 72/84, de 31 de Dezembro, com lugares desanexados da freguesia de São João da Ribeira

Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 50 68 238 108 10,8% 14,7% 51,3% 23,3%
2011 65 30 238 105 14,8% 6,8% 54,3% 24,0%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

Origem do Nome[editar | editar código-fonte]

A Freguesia de Malaqueijo foi criada somente a 16 de Maio de 1984, mas já existem registos da Aldeia de Malaqueijo de 1527, aquando de uma estatística realizada a Rio Maior.

Existe uma lenda que conta a origem do nome Malaqueijo que nos fala de um caminhante que ao passar por este local se sentiu cansado e com fome. Avistou um pequeno casebre no meio dos montes e dirigiu-se para lá. Bateu à porta e foi atendido por um velho pastor que lhe perguntou ao que vinha. O caminhante lá lhe respondeu que procurava algo para se alimentar pelo que obteve como resposta “mal há queijo”. Assim surge o nome como a região ficou conhecida, Malaqueijo.

Actividades económicas[editar | editar código-fonte]

Pecuária, agricultura e industria de destilaria

Festas e romarias[editar | editar código-fonte]

Patrimonio cultural e edificado[editar | editar código-fonte]

  • Vestígios dos fornos para cozer cal

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

Cabrito, queijo e coscorões

Artesanato[editar | editar código-fonte]

Cestaria em vime

Colectividades[editar | editar código-fonte]

  • União Desportiva de Malaqueijo, Grupo de Jovens de Malaqueijo
  • Comissão de Melhoramentos de Malaqueijo [1]
  • MalaqueijoBTT
  • Malaqueijo Solidário
  • Caves da Alagoa/ Vinisol
  • Planicie Verde

Referências

  1. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.