Malla (Nepal)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antigo palácio real em Katmandu

A Dinastia Malla foi uma dinastia governante do Nepal a partir do século XII até o XVIII. Foi durante seu reinado que as pessoas que vivem dentro e ao redor do Vale de Kathmandu começaram a ser chamadas de "Neuaris" (ou Nepas, ou seja, cidadãos do Nepal). Eles eram do clã dominante do Malla Mahajanapada e escolheram a casta de xátria para si próprio. [1] Os Mallas (literalmente "lutadores" em sânscrito) foram forçados a sair da Índia e seu nome pode ser encontrado no Mahabharata e na literatura budista. O primeiro dos reis Malla chegou ao poder no vale de Kathmandu por volta do ano de 1200. O período Malla trouxe muita prosperidade e se estendeu por mais de 550 anos, porém, foi salpicado com combates ao longo das valiosas rotas de comércio para o Tibete. [2][3]

Referências

  1. Tansen Sem; Buddhism, Diplomacy, and Trade: The Realignment of Sino-Indian Relations, 600-1400; pagina 58
  2. Joe Bindloss, Mayhew Trent; (2009). Nepal; p.34; Lonely Planet
  3. Giuseppe Tucci, Nepal. Alla scoperta del regno dei Malla, Newton Compton

Ligações externas[editar | editar código-fonte]