Mamba-verde-ocidental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaMamba-verde-ocidental
Dendroaspis viridisPCCA20051227-1885B.jpg
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante [1]
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Subordem: Serpentes
Família: Elapidae
Género: Dendroaspis
Espécie: D. viridis
Nome binomial
Dendroaspis viridis
(Hallowell, 1844)
Distribuição geográfica
Dendroaspis viridis distribution map.png

A mamba-verde-ocidental (Dendroaspis viridis) é uma cobra arborícola comprida, fina e venenosa originária do Oeste de África incluindo a Libéria e a Costa do Marfim.[1] Possui grandes escamas verdes contornadas de negro, podendo crescer até dois metros de comprimento. As escamas da cauda são amarelas e contornadas a negro. É principalmente diurna, mas pode ser activa à noite também. O seu habitat é a floresta tropical. As suas presas naturais incluem aves, lagartos e mamíferos. Dois parentes muito próximos são a mamba-verde-oriental e a mamba-negra.

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Dendroaspis viridis

A mamba-verde-ocidental tem umas das picadas de cobras mais letais perdendo só para a mamba-negra

Ícone de esboço Este artigo sobre serpentes, integrado ao projeto de herpetologia, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Luiselli, L. & Segniagbeto, G. (2013). Dendroaspis viridis (em inglês). IUCN 2013. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2013 Versão e.T13265799A13265808. doi:10.2305/IUCN.UK.2013-1.RLTS.T13265799A13265808.en Página visitada em 28 de outubro de 2021.