Mamba-verde-ocidental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Como ler uma infocaixa de taxonomiaMamba-verde-ocidental
Dendroaspis viridisPCCA20051227-1885B.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Subordem: Serpentes
Família: Elapidae
Género: Dendroaspis
Espécie: D. viridis
Nome binomial
Dendroaspis viridis
(Hallowell, 1844)
Distribuição geográfica
Dendroaspis viridis.png

A mamba-verde-ocidental (Dendroaspis viridis) é uma cobra arborícola comprida, fina e venenosa originária do Oeste de África incluindo a Libéria e a Costa do Marfim, pode ser encontrada também em algumas regiões do Brasil como em Minas Gerais recentemente foi encontrada uma em Timóteo por um biólogo. Possui grandes escamas verdes contornadas de negro, podendo crescer até dois metros de comprimento. As escamas da cauda são amarelas e contornadas a negro. É principalmente diurna, mas pode ser activa à noite também. O seu habitat é a floresta tropical. As suas presas naturais incluem aves, lagartos e mamíferos. Dois parentes muito próximos são a mamba-verde-oriental e a mamba-negra.

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Dendroaspis viridis

A mamba-verde-ocidental tem umas das picadas de cobras mais letais perdendo só para a mamba-negra

Ícone de esboço Este artigo sobre cobras, integrado no Projeto Anfíbios e Répteis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.