Mandônio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Mandónio)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estátua de Indíbil e Mandônio em Lleida, na Espanha.

Mandônio (português brasileiro) ou Mandónio (português europeu) (m. 205 a.C.) foi um chefe tribal dos ausetanos durante a invasão romana da Hispânia.

História[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Revolta de Indíbil e Mandônio

Apesar das muitas lendas que colocam como irmão de Indíbil, é pouco provável que este tenha sido o caso. Apesar disto, não é impossível que ambos tenham sido aparentados através do casamento da irmã de um com o outro[1]. Em 206 a.C., os dois se revoltaram contra a República Romana depois que o governador da província, o jovem Cipião Africano, seguiu para o norte da África para enfrentar os cartagineses. Foi derrotado pelos novos governadores, Lúcio Cornélio Lêntulo e Lúcio Mânlio Acidino no ano seguinte. Apesar de ter conseguido escapar da batalha, foi traído por seus subordinados e entregue aos romanos para ser crucificado.

Referências

  1. Salinas de Frías, Manuel (2007). Los pueblos prerromanos de la Península Ibérica (em espanhol) 2ª ed. [S.l.]: Akal. ISBN 978-84-460-2030-1