Mandi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Mandi é uma palavra da língua friulana usada como saudação, tanto para dar as boas-vindas quanto para despedidas.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Existem muitas hipóteses sobre a etimologia desta palavra. A mais provável é que seja uma gíria da expressão veneta M'arcomandi ou seja, Eu recomendo-me à Deus. A palavra vem citada pela primeira vez numa poesia de Giovanni Battista Donato de Portogruaro em 1536.

Outras hipóteses são do latim "mane diu" ou seja fique por muito tempo; ou também, manu Deo: Nas Mãos com Deus.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Jacopo Pirona, Vocabolario friulano. Veneza, Antonelli, 1871.
  • Giovanni Frau, Mandi e altre formule di saluto nelle regioni italiane. Udine, estratto dalla rivista della Società Filologica Friulana, Ce Fastu?, numero 1, 1993, pagine 7-17.
  • Il Nuovo Pirona, Udine, Società Filologica Friulana, 2001.
Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.