Marcha nupcial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Marcha Nupcial é uma peça musical executada durante cerimônias de casamento, no momento da entrada da noiva. Comumente antecedida por toques de Clarins Triunfais que destacam a importância deste dado momento.

Existem duas marchas nupciais populares que são a de Mendelssohn da peça Sonho de uma Noite de Verão de William Shakespeare e a de Wagner do coro nupcial da ópera Lohengrin. Na cultura popular estas músicas são muito associadas a ideia de casamento embora no Brasil a versão mais utilizada seja a de Felix Mendelssohn devido a uma paródia criada com a Marcha de Wagner conhecida como "Com quem será...?" retirando-a da cena dos casamentos brasileiros.

O arranjo original de F. Mendelssohn foi composto no ano de 1842 no tom de dó maior.

Nos tempos modernos, muitos compositores escreveram marchas de casamento para uso durante as cerimônias inter-religiosas, a fim de honrar as tradições religiosas da noiva e do noivo. Incluído neste grupo John Serry Sr. [1] [2] [3] [4]



Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. (em inglês)The New York Times, 14 June 1987, p. LI22
  2. (em inglês)The New York Times14 June 1987, P. New York Region
  3. Capelas inter-religiosas em demanda - C. W. Post em nytimes.com (em inglês)
  4. C.W.Post Interfaith Chapel em wikimapia.org(em inglês)