Mark Irwin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde outubro de 2014)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Mark Irwin, A.S.C., C.S.C. (Toronto, Ontario, Canadá, 7 de Agosto de 1950) é um diretor de fotografia canadiano.

Ele trabalhou com o cineasta canadiano David Cronenberg desde nos anos 70 e 80, por exemplo: The Brood (1979), Scanners (1981), Videodrome (1983), The Dead Zone (1983) e The Fly (1986). Originalmente, trabalhou com Cronenberg como diretor da fotografia do filme Dead Ringers (1988), mas Irwin foi despedido e acabou por substituir pelo diretor de fotografia britânico Peter Suschitzky.

Ele trabalhou com os cineastas tais como David Cronenberg, Wes Craven e os irmãos Peter e Bobby Farrelly.