Market Center

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Market Center
555-575 Market Street.jpg

555 Market (esquerda) e 575 Market (direita)

História
Arquiteto
Hertzka & Knowles
Período de construção
Status
Completo
Uso
Escritórios
Arquitetura
Telhado
94.79 m (311.0 ft)
174.65 m (573.0 ft)
Superfície
26.300 m² (283.000 sq ft)
45.200 m² (487.000 sq ft)
Pisos
22 / 40
Administração
Proprietário
Manulife Financial (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Website
Localização
Localização
Endereço
575 Market Street, San Francisco, CA, United StatesVisualizar e editar dados no Wikidata
São Francisco, Califórnia
Flag of the United States.svg Estados Unidos
Coordenadas

O Market Center (anteriormente conhecido como o Standard Oil Buildings e mais tarde Chevron Towers) é um complexo composto por dois arranha-céus, localizado no distrito financeiro de San Francisco, Califórnia. Serviu como sede da Chevron Corporation até 2001.

O 575 Market Street é um edifício de 40 andares, 175 m (574 ft), concluído em 1975, o mais alto das duas torres. 555 Market Street é a torre mais curta de 95 m (312 ft) com 22 andares, e foi concluída em 1964. Os dois edifícios estão rodeados por pequenas praças ornamentais.

História[editar | editar código-fonte]

A Chevron ocupou o complexo do Market Center de 1965 até 2001, quando mudou sua sede para o campus em San Ramon, Califórnia. Em 1999, a Chevron vendeu os dois edifícios para a Tishman Speyer e Travelers Real Estate Ventures por US$ 189.1 milhões e alugou o espaço de escritórios.

No momento em que a empresa mudou oficialmente sua sede, já havia movido a maioria dos trabalhadores para San Ramon, deixando apenas cerca de 200 funcionários em São Francisco. Em 2003, o complexo estava com 83% de vaga e uma joint venture entre a DivcoWest Properties e a RREEF compraram a propriedade por US$ 79,5 milhões. Em 2010, a RREEF vendeu o complexo para a Manuvie Financial por US$ 267 milhões.

Ver também[editar | editar código-fonte]