Matemática experimental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Matemática experimental é uma abordagem para a matemática em que a computação numérica é usada para investigar objetos matemáticos e identificar propriedades e padrões.[1] Tem sido definida como "o ramo da matemática que se preocupa em última análise, com a codificação e transmissão de conhecimentos dentro da comunidade matemática através do uso da exploração experimental (quer no sentido Galileano, Baconiano, Aristotélico ou Kantiano) de conjecturas e crenças mais informais e uma análise cuidadosa dos dados adquiridos nessa busca."[2]

Referências

  1. Weisstein, Eric W., "Experimental Mathematics" no MathWorld.
  2. Experimental Mathematics: A Discussion by J. Borwein, P. Borwein, R. Girgensohn and S. Parnes