Mathias Weske

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mathias Weske
Nascimento 1963 (54 anos)
Nacionalidade Alemanha Alemão
Instituições Universidade Tecnológica de Eindhoven, Universidade de Potsdam
Campo(s) Ciência da computação

Mathias Weske (1963) é um cientista da computação alemão. É professor de tecnologia de processos de negócios da Universidade de Potsdam, conhecido por suas contribuições na área do gerenciamento de processos de negócio.[1]

Weske obteve um doutorado em 1993 na Universidade de Koblenz e a habilitação em 2000 na Universidade de Münster. Em 2000-2001 foi professor associado na Universidade Tecnológica de Eindhoven, e em 2001 foi apontado professor de ciência da computação no Instituto Hasso Plattner da Universidade de Potsdam.[2]

Publicações selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • Wil van der Aalst, Arthur ter Hofstede e Mathias Weske. Business process management: A survey. Springer Berlim Heidelberg, 2003.
  • Weske, Mathias. Business process management: concepts, languages, architectures. Springer, 2012.

Referências

  1. Weber, Barbara, Manfred Reichert e Stefanie Rinderle-Ma. "Change patterns and change support features–enhancing flexibility in process-aware information systems." Data & knowledge engineering 66.3 (2008):438-466.
  2. Ee-Peng Lim, Keng Siau (2003) Advances in Mobile Commerce Technologies. p. 319

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cientista da computação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.