Mercado Central de Budapeste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fachada do Mercado Central
Interior do mercado
Interior do mercado
O Mercado de Budapeste en 1898

O Mercado Central de Budapeste, conhecido também como Grande Salão de Mercado de Budapeste (em húngaro: Központi Vásárcsarnok, ou Nagyvásárcsarnok ) é o maior mercado retalhista coberto da Hungria. Fica no Boulevard Vámház, frente à praça Fővám, perto da Ponte da Liberdade sobre o rio Danúbio, em Budapeste, no distrito IX, contíguo à Universidade Corvinus de Budapeste. O Mercado Central de Budapeste é administrado e operado pela CSAPI[1] (Fővárosi Önkormányzat Csarnok és Piac Igazgatósága), instituição húngara que se encarrega da gestão dos mercados de Budapeste. O endereço é 1093 Budapest, Vámház körút 1-3. É um dos edifícios mais emblemáticos da capital da Hungria e um dos locais mais visitados pelos turistas.[2]

História[editar | editar código-fonte]

O Mercado Central de Budapeste começou a ser construído em 1894. A sua inauguração foi em 15 de fevereiro de 1897,[3] três anos depois. Nesta mesma data também se inauguraram outras praças de mercado na cidade. O valor total da construção ascendeu a um milhão e novecentos mil forint. O edifício foi desenhado pelo professor universitário Samu Pecz[4] e na sua construção trabalharam importantes artesãos da época. O seu primeiro administrador foi Nándor Ziegler.

A zona de entrada é de inspiração neogótica e um elemento distintivo é o teto, decorado como ladrilhos coloridos Zsolnay provenientes de Pécs. Durante as guerras mundiais, o mercado foi completamente danificado, e esteve fechado muitos anos até ao restauro completo em 1990, que lhe devolveu o antigo esplendor.

O mercado oferece uma grande variedade de produtos, em três andares. A maioria das bancas no piso térreo vende carnes, doces, doces, caviar, especiarias (em especial paprika), e vinhos como o Tokaji. O segundo andar abriga principalmente restaurantes, lojas de souvenirs e um stand que serve lángos frito (uma especialidade húngara). Na cave há um supermercado e um mercado de peixe. Está aberto ao público de segunda-feira a sábado.[5]

Referências

  1. Página oficial: http://csapi.hu/ (húngaro)
  2. Lovely Budapest - Tours in and around Budapest
  3. http://www.ohb.hu/guide/market_hall.es.html
  4. Rick Steves; Cameron Hewitt (2011). Budapest 2 ed. Berkeley, California: Avalon Travel. ISBN 1598807714 
  5. «Archived copy». Consultado em 3 de maio de 2009. Arquivado do original em 19 de julho de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mercado Central de Budapeste