Metátese de olefina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Metátese de olefina ou transalquilidenação é uma reação orgânica que implica redistribuição de fragmentos de alcenos (olefinas) pela cisão de ligações duplas carbono-carbono.[1] Os catalisadores para esta reação evoluíram rapidamente nas últimas décadas. Devido à relativa simplicidade da metátese de olefinas, muitas vezes cria subprodutos menos indesejados e resíduos perigosos do que reações orgânicas alternativas. Por sua elucidação do mecanismo de reação e sua descoberta de uma variedade de catalisadores altamente eficientes e seletivos, Yves Chauvin, Robert H. Grubbs, e Richard R. Schrock foram coletivamente agraciados com o Prêmio Nobel de Química de 2005.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Astruc D. (2005). «"The metathesis reactions: from a historical perspective to recent developments"» (abstract). New J. Chem. 29 (1): 42–56. doi:10.1039/b412198h 
  2. «The Nobel Prize in Chemistry 2005» (Nota de imprensa). Nobelprize.org. 5 de outubro de 2005 

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.