Miíase

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miíase
Afecção no corpo humano
Classificação e recursos externos
CID-10 B87
CID-9 134.0
DiseasesDB 29588
MeSH D009198
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 
Miíase num gato

Miíase é uma doença produzida pela infestação de larvas de moscas em pele ou outros tecidos de animais.[1][2]

Essa doença é popularmente conhecida em áreas rurais como "calcanhar de maracuja"e afeta mais a população sem recursos financeiros para tratamento ou de áreas muito isoladas.

Como ocorre a contaminação[editar | editar código-fonte]

O principal problema que pode dar origem a essa doença é o hábito de andar descalço, dessa forma, há o risco de larvas ou ovos de mosca-varejeira que estão no chão se instalarem em feridas ou pequenos cortes nos pés, dando início a doença. Sendo assim, estar sempre com sapatos também é uma forma de prevenção.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Miíase primária[editar | editar código-fonte]

Na miíase primária,[nota 1] a mosca invasora hematófaga (como a mosca-varejeira) coloca seus ovos sobre a pele sadia.[1] Eles posteriormente invadem o tecido sadio e se desenvolvem na forma de larvas.[1]

Tal infestação é também conhecida por bicheira[3] e é dividia em migratória e furunculoide.[1]

Miíase secundária[editar | editar código-fonte]

Na miíase secundaria,[nota 2] a mosca, em geral do tipo não parasitário, deposita suas larvas na pele ou mucosas já não sadia, ou seja, que apresenta feridas ou ulcerações.[1] Tais larvas se desenvolvem em virtude da necrose tecidual, visto que os tecidos estão em decomposição.[1]

A miíase secundária está dividida em cutânea, cavitária e intestinal.[1]

Notas

  1. Também conhecida como miíase obrigatória ou biontófaga
  2. Também denominada facultativa ou necrobiontófaga.

Referências

  1. a b c d e f g BARROS, Lídia Almeida (2009). Dicionário de dermatologia. [S.l.]: Cultura Acadêmica editora. ISBN: 9788579830341 
  2. COELHO, Carlos; CARVALHO, Aldo Rosa (2005). Manual de Parasitologia Humana. [S.l.]: Editora da ULBRA. 267 páginas. ISBN: 9788585692094 
  3. RIBEIRO, Silvio Doria de Almeida (1997). Caprinocultura. [S.l.]: NBL Editora. 318 páginas. ISBN: 9788521309727 
Ícone de esboço Este artigo sobre doenças é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.