Milu Villela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Milu Villela
Nascimento setembro de 1943
Cidadania Brasil
Ocupação executivo de negócios, filantropa, empresária

Maria de Lourdes Egydio Villela Embaixador(a) da boa vontade da UNESCO (8 de setembro de 1943) é uma psicóloga, empresária e filantropa brasileira.[1]

Filha de Eudoro Libânio Villela e de Maria de Lourdes Egydio de Souza Aranha, descendente de Maria Luzia de Souza Aranha, viscondessa de Campinas.[2] É formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e é a atual presidente do Museu de Arte Moderna de São Paulo e vice-presidente da ITAÚSA, empresa da qual é uma das maiores acionistas. Na lista de bilionários feita pela revista Forbes em 2011, aparece com uma fortuna estimada em dois bilhões de dólares.[3][4]

Referências

  1. «Valor Econômico mostra quem são 'os discretos herdeiros do Itaú'». Contraf CUT. 8 de setembro de 2008. Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  2. «Folha de S.Paulo - Herdeira de banco só trabalha de graça - 13/05/2001». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 23 de dezembro de 2021 
  3. «Dirigentes - MAM». Museu de Arte Moderna 
  4. «Voluntariado: Milú Villela discursa na Assembléia da ONU». Folha de S.Paulo. 26 de novembro de 2002 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.