Mirsos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mirsos
Morte 733 a.C.
Filho(s) Candaules
Ocupação rei

Mirsos ou Meles foi o penúltimo rei de Sárdis da dinastia heráclida, foi o pai de Candaules, assassinado por Giges da Lídia.

Ele descendia de Alcaios, filho de Héracles; Ágron, filho de Nino (o filho de Belo, que por sua vez era filho de Alcaios) foi o primeiro heráclida rei de Sardes, e Candaules, filho de Mirsos, foi o último.[1] Os heráclidas, descendentes de Héracles e de uma escrava de Iárdano, governaram durante vinte e duas gerações, ou quinhentos e cinco anos, filho sucedendo a pai, até Candaules, filho de Mirsos.[1]

De acordo com o Chronographeion Syntomon, Meles foi o sucessor de Alíates, reinou por doze anos, e foi sucedido por Candaules.[2] Pelos cálculos de Ussher, Candaules começou a reinar em 735 a.C.[3]

Referências

  1. a b Heródoto, Histórias, Livro I, Clio, 8 [pt] [el] [el/en] [ael/fr] [en] [en] [en] [es]
  2. Chronographeion Syntomon, O reino dos lídios [em linha]
  3. James Ussher, The Annals of the World 735 BC [em linha]


Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.