Musa Ibn Musa al Qasaw

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Musa Ibn Musa al Qasaw
Governador de Tudela, Huesca e Saragoça
Busto de homenagem a Musa II em Tudela.
Nome completo
Musa Ibn Musa al Qasaw
Nascimento 785
Morte 26 de setembro de 862 (82 anos)
  Tudela
Pai Musa ibn Fortun
Mãe Oneca

Musa Ibn Musa al Qasaw (785[1]Tudela, 26 de setembro de 862), também conhecido por Musa II, foi membro da linhagem dos Banu Qasi e o governador de Tudela, Huesca e Saragoça. Era filho de Musa ibn Fortún e de Oneca, que era viúva de Íñigo Jimenez, pai do futuro rei  Íñigo Arista de Pamplona, meio irmão de Musa ibn Musa, que era bisneto do Conde Casio, que se converteu ao Islão após a conquista muçulmana da península ibérica.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Permaneceu, em geral, fiel a Córdoba, sede do poder central, ainda que em numerosas ocasiões tenha voltado as costas ao governador de Saragoça e ao Emir de Córdoba. Em 840 vivia no castelo de Arnedo. Nesse ano posicionasse contra o Emir de Córdoba pela nomeação de Al Kulaby como governador de Tudela.

Aliado com o seu irmão cristão por parte de mãe, o rei pamplonês Iñigo Arista, e com o também cristão conde sobrarbense, este a ponto de anexar-se a si mesmo ao  waliato de Huesca em 840, o que haveria proporcionado na prática todo o vale médio do Ebro.

Após se submeter a Abderramão II, este reconheceu-o Uale de Arnedo em 843. No ano seguinte sublevou-se de novo, mas conseguiu o perdão.

Segundo relata Ibn al-Qutiyya em Ta'rīj iftitāh al-Andalus (Historia da Conquista do Al-Andalus), em 844-845, os normandos atacaram a Península perto de Sevilha e espalharam o pânico entre a população que buscou refúgio na vizinha cidade de Carmona.

Relações Familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Musa ibn Fortun e de Oneca. Casou-se por duas vezes: o primeiro casamento foi com a sua sobrinha, a princesa Assona Iñiguez, filha do irmão Íñigo Arista de Pamplona e o segundo com Maimona ibn Zahir. Não se sabe quem foi a mãe de seus filhos, exceto a mãe de seu filho mais novo, Ismael, que foi sua segunda esposa Maimona. Seus filhos foram:

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]